Esportes

Zagueiro deixa o Paraná Clube por se recusar a tomar segunda dose de vacina para Covid-19

Lucas Cezane foi dispensado pelo clube por não cumprir o cronograma vacinal obrigatório da CBF

Luciano
Luciano Balarotti / Editor
Zagueiro deixa o Paraná Clube por se recusar a tomar segunda dose de vacina para Covid-19
(Foto: Divulgação/Paraná Clube)

24 de abril de 2022 - 15:44 - Atualizado em 24 de abril de 2022 - 15:57

O Paraná Clube faz o seu primeiro jogo em casa pela Série D do Campeonato Brasileiro, neste domingo (24), às 16h, sem um dos reforços trazidos especialmente para a competição. Presença constante na equipe titular ao longo dos treinamentos, o zagueiro Lucas Cezane foi dispensado pelo clube por ter se recusado a tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Sem a vacinação completa, o jogador não pode entrar em campo, e por isso o Tricolor decidiu dispensá-lo, antes mesmo de registrar o contrato do zagueiro na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O defensor de 29 anos, que foi anunciado como reforço pelo Paraná no dia 29 de março, foi a quarta contratação do time para a disputa da Série D, e provavelmente seria titular da zaga ao lado do experiente Dirceu, que disputou o Campeonato Paranaense pelo São Joseense.

Lucas Cezane foi revelado pelo Palmeiras, clube em que atuou apenas na equipe B, e antes da passagem-relâmpago pelo Tricolor, defendeu vários clubes do interior paulista, como Paulistinha, São Carlos, Grêmio Prudente, Monte Azul e Velo Clube, o tradicional Juventus, da capital paulista, o Figueirense, de Santa Catarina, e o Maringá, na Série B estadual de 2021.

Para o jogo com o São Bernardo, às 16h deste domingo, pela segunda rodada da Série D, Franklin formará a dupla de zaga com Dirceu.