Esportes

Volpi sai em defesa do trabalho de Diniz após classificação do São Paulo na Copa do Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de outubro de 2020 - 08:53 - Atualizado em 26 de outubro de 2020 - 09:15

O goleiro Tiago Volpi, um dos principais personagens da classificação nos pênaltis do São Paulo na Copa do Brasil, falou em coletiva de imprensa após a partida e defendeu o trabalho de Fernando Diniz à frente da equipe.

“Ele é nosso chefe, nosso “paizão” e que nos encoraja a enfrentar todas as situações. A gente sabe que o peso muitas vezes cai em cima do treinador, mas temos a hombridade de assumir quando a gente não executa as coisas da maneira que ele pede. Por isso que 100% dos jogadores elogia o trabalho dele”, afirmou o jogador.

Expulso no jogo de ida, Diniz não esteve no banco de reservas neste domingo, dando lugar ao seu auxiliar Márcio Araújo. De longe, ele assistiu a emocionante classificação tricolor, que chegou a liderar o placar por 2 a 0, mas cedeu o empate.

“Se muitas vezes as coisas não deram certo dentro de campo, é uma responsabilidade que tem que ser dividida entre todos. Claro que tomamos porrada em competições como Paulista e Libertadores. Mas estamos aí, ele está insistindo. Ele não exigiu nada da diretoria, chegou um jogador, que foi o Luciano. Vemos muita gente se queixando que precisa contratas, mas quando o Diniz expôs alguém e falou que o São Paulo precisava de alguém? Ele confia em nós e a gente confia no trabalho dele”, ressaltou Volpi.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.