Esportes

Volpi projeta jogo “dificílimo” contra o River, mas vê São Paulo muito confiante na Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

17 de setembro de 2020 - 07:30 - Atualizado em 17 de setembro de 2020 - 07:45

Nesta quinta-feira, o São Paulo terá pela frente o River Plate, às 19h, em partida válida pela terceira rodada do grupo D da Libertadores. Para Tiago Volpi, o Tricolor não pode esperar um confronto tranquilo, mesmo considerando que os argentinos não disputam um jogo oficial desde março.

“Existe o fator de ser o primeiro jogo do River pós volta da pandemia, mas a gente não pode se apegar nisso, porque sabemos que é uma equipe muito competitiva, que joga junto há muitos anos com o mesmo treinador. Então, a gente espera um jogo dificílimo, a nível de São Paulo e River Plate”, afirmou o goleiro.

Apesar do duelo complicado pela frente, Volpi acredita que o São Paulo está confiante e preparado para encarar o adversário de igual para igual. O goleiro garante que o elenco está blindado de opiniões externas sobre a fase da equipe.

“Acredito que, pelo o que aconteceu no Campeonato Paulista, talvez externamente a gente não seja considerado uma equipe forte, no seu máximo nível de confiança, mas internamente, que é o principal para nós, estamos muito confiantes, com uma expectativa no grande jogo que a gente pode fazer, confiando muito no que a equipe vem evoluindo nos últimos jogos, no decorrer do Campeonato Brasileiro”, disse Volpi.

“Respeitamos o River, por ser um grande adversário, tem jogadores que sabem jogar a competição, mas a gente também acredita muito no nosso potencial de poder fazer um grande jogo e sair com a vitória”, completou.

A partida é fundamental para o São Paulo, visto que os comandados de Fernando Diniz possuem os mesmos três pontos que o River e que o Binacional, derrotado na terça-feira pela LDU, líder provisória da chave D da Libertadores.