Superliga Feminina de Vôlei

Curitiba Vôlei sai na frente, mas acaba derrotado pelo invicto Minas

Pela terceira rodada consecutiva, o Curitiba perde após jogo de quatro sets

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Curitiba Vôlei sai na frente, mas acaba derrotado pelo invicto Minas
(FOTO: GUILHERME BECKER/ ARQUIVO)

17 de novembro de 2020 - 18:37 - Atualizado em 17 de novembro de 2020 - 18:38

Após duas boas atuações, porém com derrota, o Curitiba Vôlei entrou em quadra nesta terça-feira (17) de olho na primeira vitória na Superliga 20/21. Pela terceira rodada da competição, a equipe paranaense recebeu o Itambé Minas, que venceu as duas primeiras partidas. Após largar na frente no primeiro set, as donas da casa acabaram levando a virada e o Minas venceu por 3 a 1.

Na próxima rodada o Curitiba enfrentará o Sesc Flamengo, no RIo de Janeiro, no próximo sábado (21), às 19h. Já o Minas recebe o Fluminense, na Arena Minas, na sexta-feira (20), às 21h30.

Minas vence de virada

Na quadra do Colégio Positivo Jr, o primeiro set foi marcado pelo equilíbrio. Diante das atuais campeãs da Superliga, o jovem elenco do Curitiba Vôlei mostrou a força da equipe. Após os times trocarem pontos até a reta final do set, as curitibanas conseguiram abrir dois de vantagem na parcial 18 x 16.

Com bastante volume de jogo e ataques importantes com Ivna e Milena, o Curitiba abriu ainda mais e chegou a vitória com um 25 x 22

Apesar da empolgação do primeiro set, o Curitiba Vôlei não começou bem no segundo. Logo no início o Minas abriu 11 a 6 e com um show de bloqueios encaminhou a vitória. Ao todo, somente no segundo set foram seis pontos de bloqueio do Minas. Em um erro de recepção das donas da casa, as mineiras fecharam a parcial em 25 a 15.

No terceiro set, novamente o Curitiba teve dificuldades para passar pelo paredão mineiro e mais ainda para colocar a bola no chão. O jogo seguiu com o placar próximo até 13 x 9 para o Minas, mas na sequência as mineiras abriram. Com bloqueios e ataques potentes com Thaisa e Carol Gataz, o time fez 25 x 14 e virou o jogo em 2 sets a 1.

Logo início do quarto set, o Minas com ataques certeiros da norte americana Megan Hodge, iniciou melhor e fez 4 a 2. Porém, para as curitibanas reagiram e chegaram a abrir 10 a 5. Com as ponteiras voltando a ter um aproveitamento melhor, o Curitiba equilibrou o duelo e liderou até 19 x 18. Mas na reta final, a experiência das mineiras fez a diferença e o time do Itambé fechou o jogo com um 25 x 21.

Na vitória por 3 sets a 1, o Minas teve também a melhor jogadora da partida. Thaisa recebeu mais de 40% dos votos e levou para casa o troféu Viva Vôlei.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.