Bastidores

Você sabia? Antes da final do Mundial, suposta briga por ‘bicho’ tomou conta do ambiente tricolor

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 24 de maio de 2020 - 00:00

Às vésperas da final do Mundial de Clubes de 2005, o ambiente do São Paulo foi tomado por uma suposta briga entre elenco e diretoria por conta dos valores acordados em relação à premiação que todos receberiam caso derrotassem o Liverpool e conquistassem o tricampeonato mundial.

Diversos jornais chegaram a publicar diferentes histórias sobre o suposto desentendimento entre elenco e diretoria. Alguns chegaram a cravar que os jogadores queriam 200 mil dólares de “bicho”, como é chamada a premiação quando um time ganha um título, enquanto a diretoria teria oferecido 100 mil dólares.

Líder do elenco, Rogério Ceni chegou a se posicionar sobre o assunto antes da partida para esclarecer a situação, garantindo que não havia qualquer tipo de confusão por causa de dinheiro.

“Isso é tudo mentira”, falou Rogério Ceni, que seria um dos protagonistas do tricampeonato mundial, inclusive, executando uma grande defesa em cobrança de falta de Steven Gerrard.

Amoroso, um dos destaques daquele elenco tricolor, também falou sobre o assunto às vésperas da final.

“Isso não vai mudar nada na vida de ninguém um dinheiro a mais ou a menos. Muda, sim, se for campeão, para fazer bons contratos em outros clubes na carreira de cada um”, pontuou.

Rogério Ceni chegou a declarar que, se necessário, abriria mão da boa quantia em dinheiro para escrever seu nome na história do clube.

“Para mim, o dinheiro, neste momento, depois de 15 anos de carreira no clube, buscando um título como esse… se não me der nada também, para mim, não faz a mínima diferença. Eu quero ser campeão”, disse Ceni na ocasião.

Fato é que as especulações sobre o “bicho” aparentemente fortaleceram ainda mais o elenco tricolor, que mesmo diante de um gigante europeu, com 11 jogos de invencibilidade e repleto de estrelas do futebol mundial, conseguiu sair de campo com a vitória por 1 a 0 e acrescentar mais uma estrela vermelha no escudo do São Paulo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.