Esportes

Viña comemora “melhor desempenho” pelo Palmeiras depois de lesão na cabeça

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de outubro de 2020 - 15:21 - Atualizado em 1 de outubro de 2020 - 15:30

O lateral esquerdo Matías Viña foi um dos destaques do Palmeiras na goleada por 5 a 0 sobre o Bolívar-BOL, no Allianz Parque, pela Copa Libertadores. Em entrevista coletiva virtual realizada nesta quinta-feira, o uruguaio, que marcou o primeiro gol com a camisa do Verdão, apontou seu desempenho na partida como o melhor após a lesão na cabeça sofrida contra o Corinthians, pelo Paulistão.

“Estou muito feliz de estar aqui. A partida de ontem foi muito boa, de todo o elenco, não só dos que jogaram. Vínhamos trabalhando muito bem para isso. Eu acho que foi uma partida boa pessoalmente e acho que foi o melhor desempenho depois da pancada (na cabeça)”, declarou.

Por conta de um choque de cabeça com o companheiro Patrick de Paula, durante o Derby válido pela primeira fase do Estadual, o jogador de 22 anos sofreu uma concussão e um corte profundo na cabeça. Ele teve que utilizar um capacete de proteção durante as partidas, mas não conseguiu se adaptar ao acessório.

“Muito. Eu não me adaptei muito a jogar com o capacete, era algo estranho, sentia que pressionava muito a cabeça. Mas agora estou tranquilo para jogar. É tratar de trabalhar para seguir evoluindo”, explicou.

Eleito melhor jogador do Campeonato Uruguaio de 2019, quando ainda atuava pelo Nacional, Viña afirmou estar “tranquilo” com suas atuações no Palmeiras. Ele chegou a 20 partidas pela equipe alviverde, com quatro assistências e um gol marcado.

“Não posso comparar o nível do Uruguai e do Brasil. É muito diferente. Acho que estou fazendo o melhor possível, estou me adaptando depois da pancada. O futebol brasileiro é diferente do uruguaio. No Uruguai não foram nem 50 atuações e dei sete assistências. E aqui joguei 20 partidas e já dei quatro. Estou tranquilo com minha atuação aqui no Palmeiras”, disse.

Convocado pela seleção do Uruguai para disputar as duas primeiras rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, o camisa 17 comemorou a sequência no Palmeiras e falou em ajudar o Verdão com a “experiência” a ser adquirida nos compromissos internacionais.

“Fico feliz de estar aqui, ter continuidade, que é importante para adquirir confiança. Sobre a seleção, é pegar confiança aqui para jogar o jogo das Eliminatórias, voltar e ajudar a equipe com a experiência de fora. Então, é tratar de jogar cada jogo, ver a experiência de cada jogo e usar aqui no Palmeiras”, completou.