Esportes

Coritiba divulga vídeo após ano sofrido para o torcedor “merecia um coração de ferro”

No final o clube ainda alerta para os torcedores se prepararem para 2020

Guilherme
Guilherme Becker / Editor

4 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:11

O Coritiba conquistou o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro apenas na última rodada da Série B deste ano. Nas 38 rodadas da competição, o torcedor Coxa-Branca oscilou momentos de confiança e desespero com a equipe dentro de campo. Nos últimos jogos o Coxa conquistou uma vitória em casa nos minutos finais e um triunfo de virada fora de casa que garantiu o retorno à elite do futebol.

Após este verdadeiro teste para cardíacos, o clube divulgou um vídeo sobre uma campanha que realizou com torcedores do Coritiba. Três “Coxas doidos” utilizaram equipamentos que batem os batimentos cardíacos enquanto assistiam a última partida em casa do Alviverde.

Vitória contra o Bragantino está como uma das mais marcantes para os torcedores (FOTO: DIVULGAÇÃO/ CORITIBA)

Ano com testes para cardíacos

Nas imagens o clube mostra um pouco da campanha e destaca o quanto foi sofrido o ano para o torcedor Alviverde. Durante a caminhada finalizada com o terceiro lugar da competição, e consequentemente o acesso, o Coxa chegou a viver um jejum de oito rodadas sem vencer e terminou o campeonato com 13 jogos de invencibilidade.

No comando técnico, Jorginho assumiu o posto de Humberto Louzer e foi o responsável pela arrancada final. Dentro de campo também houveram altos e baixos. No início da caminhada o atacante Rodrigão era unanimidade no elenco, há duas rodadas do fim o atleta foi afastado do clube por indisciplina. Coube a Vanderlei, que teve poucas oportunidades no ano, marcar o gol do acesso, lá em Salvador contra o Vitória.

CORITIBA EM 2019

Coxa teve a melhor média de público em 2019, jogando em casa, com mais de 22 mil torcedores por jogo (FOTO: DIVULGAÇÃO/ CORITIBA)

Vídeo para o torcedor do Coritiba

Aproveitando os testes para cardíacos proporcionados pelo time em campo, o clube criou um vídeo em parceria com a CNC + Indic, especializada em diagnóstico cardíaco. O material foi produzido durante a vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino, no Couto Pereira. Quase 40 mil pessoas lotaram o estádio nesta partida que encaminhou o acesso.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, representando 30% do total. “São mais de mil mortes por dia, cerca de 43 por hora, uma morte a cada 1,5 minutos (90 segundos). As doenças cardiovasculares causam o dobro de mortes que aquelas devidas a todos os tipos de câncer juntos, 2,3 vezes mais que as todas as causas externas (acidentes e violência), três vezes mais que as doenças respiratórias e 6,5 vezes mais que todas as infecções incluindo a AIDS. A Sociedade Brasileira de Cardiologia estima que, ao final deste ano, quase 400 mil cidadãos brasileiros morrerão por doenças do coração e da circulação. Muitas dessas mortes poderiam ser evitadas ou postergadas com cuidados preventivos e medidas terapêuticas”, diz a instituição.

Confira o vídeo do clube:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.