Esportes

Veron completou apenas oito jogos desde que subiu ao profissional do Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de março de 2021 - 08:00 - Atualizado em 31 de março de 2021 - 08:30

Uma das principais promessas do Palmeiras, Gabriel Veron não teve um ano de 2020 como esperado. Devido ao grande talento que mostrou na base, a expectativa era que o garoto assumisse a titularidade da equipe, mesmo com apenas 18 anos idade, mas as lesões acabaram atrapalhando os planos do garoto.

O camisa 27 terminou a última temporada com 40 partidas disputadas no time profissional, mas em apenas oito ele atuou durante os 90 minutos. Ou seja, ele foi substituído ou entrou no decorrer do jogo em 80% destes compromissos.

E esse baixo número pode ser explicado justamente pela alta quantidade de lesões que o atacante enfrentou ao longo de 2020. A maioria foi muscular e de baixa gravidade, mas foi o suficiente para o atleta ficar de fora de momentos crucias da temporada, como no Mundial de Clubes da Fifa e na semifinal e final da Libertadores.

Dessa forma, Veron encontrou dificuldades para entrar no ritmo de jogo de seus companheiros, logo em uma temporada frenética para o Palmeiras, que disputou 78 partidas ao todo.

Já em 2021, o Departamento Médico do Verdão está trabalhando de uma fora especial com a Cria da Academia, montando cronogramas exclusivos para que ele não sofra mais com estes problemas e possa ser utilizado com mais frequência por Abel. Nesta terça-feira, inclusive, ele iniciou treinos com bola.

A expectativa da comissão alviverde é ter Veron na final da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa Y Justicia. A partida de ida está marcada para o dia 8 de abril, na Argentina.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.