Esportes

Veiga explica nova função no Palmeiras e cita De Bruyne e Bruno Fernandes como referências

Gazeta
Gazeta Esportiva

8 de julho de 2021 - 17:39 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 18:00

Autor de um dos gols da vitória sobre o Grêmio, Raphael Veiga tem sido utilizado em uma nova função nos últimos jogos do Palmeiras. Acostumado a jogar centralizado, o jogador passou a atuar mais pelo lado direito do campo, enquanto Gustavo Scarpa fica com a vaga no meio.

O camisa 23 alviverde explicou nesta quinta-feira alguns detalhes sobre seu novo posicionamento. Ele comentou o novo deslocamento que tem realizado para encontrar espaços, destacou seu entrosamento com Scarpa e valorizou o que o técnico Abel Ferreira tem passado para que entenda seu papel em campo.

“Todo mundo, inclusive o Abel, sabe que eu prefiro jogar por dentro, centralizado, achando os espaços e mais perto do gol. Embora ontem (quarta) e nos últimos jogos eu tenha jogado um pouco mais aberto, não me considero um ponta, mas sim um meia que sai de fora para dentro para achar os melhores espaços”, disse em entrevista ao SporTV.

“O entendimento do jogo tem sido importante, o que o Abel tem passado tem sido importante também. No meio, na minha questão com o Scarpa, a gente tem se entendido bastante e conseguido achar bons espaços”, completou.

Veiga também revelou que acompanha jogadores do futebol europeu para seguir melhorando na carreira e citou os meias Kevin De Bruyne, do Manchester City, e Bruno Fernandes, do Manchester United, como referências.

“Lá fora tem grandes jogadores que acompanho, gosto bastante de ver. Eu, como todo jogador inteligente, pego aquilo que acho importante para minha posição, e acho que isso tem me ajudado na carreira. O De Bruyne acho que todo mundo gosta, joga no meio, atrás, ele faz essa função em muitos jogos. Nas últimas partidas da Bélgica ele estava jogando aberto e vindo para dentro. Tem o Bruno Fernandes também, acho um jogador bastante decisivo, sempre cria boas jogadas”, declarou.

Jogando nessa nova função, Veiga foi essencial para o triunfo do Palmeiras sobre o Grêmio. O jogador abriu o placar para a equipe aos 15 segundos de jogo e, de quebra, ainda anotou o gol mais rápido da história do Allianz Parque.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.