Campeonatos

Vasco tem queda decretada mesmo vencendo o Goiás

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de fevereiro de 2021 - 23:39 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2021 - 23:45

A tão sonhada goleada não veio e o Vasco viu seu rebaixamento ser confirmado mesmo com um triunfo por 3 a 2 sobre o Goiás na noite desta quinta-feira, em São Januário. Os cariocas terminaram com 41 pontos, três a mais que os goianos, que também jogarão a Série B.

O Vasco ainda sonha em permanecer na elite. Mas para isso vai precisar anular no Tapetão a derrota de 2 a 0 para o Internacional. Os cariocas alegam que o VAR não funcionou corretamente no primeiro gol dos gaúchos.

O jogo – O Vasco começou o jogo pressionando. Tanto que com menos de três minutos teve duas chances com Cano, que mandou a bola para fora. Na segunda delas a conclusão foi de bicicleta. A insistência surtiu efeito aos 14 minutos, quando o Cruz-Maltino abriu o placar. Carlinhos fez boa jogada individual e chutou de fora da área. O goleiro Tadeu deu rebote e Cano mandou para o fundo da rede.

A vantagem animou o Vasco, que quase ampliou aos 18 minutos. Cano recebeu fora da área e arriscou um belo chute. Mas Tadeu se esticou para ceder escanteio. O Goiás só deu sinal de vida aos 20 minutos, quando Rafael Moura chutou em cima de Pikachu, Fernandão pegou o rebota, mas mandou a bola para fora.

O Goiás conseguiu o empate aos 25 minutos. Após cruzamento, Rafael Moura cabeceou na trave. Fernandão pegou o rebote e Fernando Miguel salvou com a bola já dentro do gol. O lance precisou do VAR para que o árbitro Leandro Pedro Vuaden confirmasse o gol.

O tão polêmico VAR de jogos do Vasco voltou a aparecer aos 28 minutos. Cano recebeu na área, se livrou da zaga com um lençol e chutou sem chances para o goleiro. Mas o lance foi corretamente anulado por conta do impedimento do argentino. O jogo ficou aberto com os dois times tentando o gol antes do intervalo.

No último lance do primeiro tempo o Goiás chegou à virada. Fernandão acertou um violento chute em cobrança de falta, a bola quicou e enganou o goleiro Fernando Miguel. Foi o primeiro gol de falta do artilheiro, que disse nunca ter treinado o fundamento na vida.

Logo na volta para o segundo tempo o Vasco conseguiu empatar. Após cobrança de escanteio Ricardo Graça aproveitou falha da zaga do Goiás e cabeceou para vencer o goleiro Tadeu.

O jogo ficou ainda mais aberto. Um lance curioso aconteceu aos 23 minutos. Fernandão recebeu no meio de campo e viu Fernando Miguel adiantado. O artilheiro tentou o golaço, mas a bola passou sobre o gol.

No último lance do jogo o Vasco conseguiu o triunfo graças a mais uma cabeçada certeira de Ricardo Graça.

Agora as duas equipes, à espera da Série B, começam a disputar os seus respectivos Estaduais. O Vasco estreia no Campeonato Carioca na próxima quarta-feira, às 21horas (de Brasília), quando recebe a Portuguesa em São Januário. Já o Goiás estará em ação já neste domingo, às 15h30 (de Brasília), quando visita o Iporá no Estádio Ferreirão, em Iporá.

FICHA TÉCNICA:

VASCO-RJ 3 X 2 GOIÁS-GO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 25 de fevereiro de 2021, quinta-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Léo Matos (Vasco) e Miguel Figueira, Fábio Sanches (Goiás)

Gols:

VASCO: Germán Cano aos 14 minutos do 1º Tempo e Ricardo Graça aos 5 e aos 46 minutos do 2º Tempo

GOIÁS: Fernandão aos 25 e aos 51 minutos do 1º Tempo

VASCO: Fernando Miguel, Léo Matos (Juninho), Ricardo Graça, Leandro Castán (Marcelo Alves) e Henrique; Bruno Gomes, Andrey (Tiago Reis), Carlinhos e Yago Pikachu; Talles Magno (Gabriel Pec) e Germán Cano (Ygor Catatau)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

GOIÁS: Tadeu, Shaylon, Fábio Sanches, David Duarte e Jefferson; Henrique Lordelo, Miguel Figueira (Breno) e Índio (Taylon); Vinícius, Fernandão (Sandrinho) e Rafael Moura (Pedro Marinho)

Técnico: Glauber Ramos

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.