Bragantino

Vasco protesta contra arbitragem em goleada para o Bragantino

Gazeta
Gazeta Esportiva

21 de janeiro de 2021 - 13:05 - Atualizado em 21 de janeiro de 2021 - 13:30

O Vasco foi goleado pelo Bragantino por 4 a 1 nesta quarta-feira, fora de casa, no Brasileirão, e deixou o interior paulista na bronca com a arbitragem. O técnico Vanderlei Luxemburgo evitou criticar incisivamente Pedro Vuaden, mas o diretor executivo Alexandre Pássaro foi direto.

O Bragantino vencia por 2 a 1 no segundo tempo e ampliou num lance polêmico que os vascaínos reclamaram de falta.

“Fizemos o gol e ficamos em cima deles. Aí, teve a falta no Andrey e praticamente decidiu. A gente estava perto de empatar, mas depois bateu o desânimo. Para mim tem a ver a interpretação do Vuaden nos lances de faltas. Não estou dizendo que ele errou. Foi critério diferente. Mas não tenho do que reclamar, afirmou Luxemburgo.

Entretanto, após a coletiva do treinador no Nabi Abi Chedid, Pássaro se manifestou indignado.

“Uma noite triste, estamos todos bem chateados com o resultado. Mas venho aqui em nome da diretoria do Vasco, dos atletas, do professor Vanderlei Luxemburgo, repudiar a atuação da arbitragem do Vuaden. Eu gostaria de entender como ele pode dar uma falta que originou o segundo gol do Bragantino, uma falta em que o cara cava uma bola por cima dos nossos jogadores, tromba com dois, e ele dá a falta. E como ele não dá a falta no Andrey no terceiro gol?”, questionou.

Alexandre Pássaro, ex-São Paulo, é o novo diretor executivo do Vasco

“Não estamos justificando o resultado, o nosso momento e a nossa posição na tabela. Estamos exigindo que a arbitragem, comandada pelo Gaciba, tenha o mesmo nível de cobrança e profissionalismo que nos é exigido. Isso não tem acontecido. No terceiro gol ele nem foi ver o VAR. Esses lances foram exemplos de interpretações diferentes”, prosseguiu.

A segunda derrota consecutiva voltou a complicar a situação do Vasco na tabela do Brasileiro. A ameaça do rebaixamento voltou a crescer e, além disso, a equipe terá de tentar a recuperação com duas pedreiras pela frente. No sábado, em São Januário, o Vasco recebe o Atlético-MG, e, na terça-feira, visita o Palmeiras.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.