Esportes

Vasco paga funcionários com dinheiro arrecadado com ingressos virtuais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

29 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 29 de maio de 2020 - 00:00

O Vasco realizou uma campanha para a venda de ingressos virtuais da final da Libertadores 1998. A partida foi transmitida no último domingo pela TV Globo e o clube arrecadou R$ 172.700,00. Com o valor, a diretoria cruzmaltina pagou parte dos salários dos funcionários do clube que recebem até R$ 1,1 mil. A maior parte é de trabalhadores do Colégio Vasco da Gama.

Rafael Ribeiro/ Vasco

O Vasco ainda pode receber mais, pois alguns boletos emitidos pelo clube ainda não foram compensados. No total, foram 16.584 ingressos vendidos. Na partida transmitida, o Vasco venceu o Barcelona-EQU por 2 a 1, quando sacramentou o título da Libertadores 1998, ano do seu centenário.

A diretoria vem buscando recursos para diminuir as dívidas com funcionários e jogadores. Os atletas que ganham acima de R$ 50 mil ainda não receberam nenhum vencimento em 2020.

Dentro de campo, os dirigentes realizam os protocolos necessários para a retomada dos treinos em São Januário. O presidente Alexandre Campello adiantou que jogadores testaram positivo para coronavírus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.