Bastidores

Uefa e Federação Inglesa se pronunciam após casos de racismo na final da Eurocopa

Gazeta
Gazeta Esportiva

12 de julho de 2021 - 10:57 - Atualizado em 12 de julho de 2021 - 11:15

Em Wembley, a Itália venceu a Inglaterra nos pênaltis e conquistou o título da Eurocopa, neste domingo. Após a derrota, jogadores ingleses sofreram racismo nas redes sociais.

Os principais alvos dos ataques foram Jadon Sancho, Marcus Rashford e Bukayo Saka, que desperdiçaram suas cobranças na decisão.

A Federação Inglesa se pronunciou, disse que os ataques foram “nojentos” e que pedirá punições aos agressores.

“A FA (Federação Inglesa) condena veementemente todas as formas de discriminação e está chocada com o racismo online que tem sido dirigido a alguns dos nossos jogadores ingleses nas redes sociais. Não poderíamos deixar mais claro que alguém por trás de um comportamento tão nojento não é bem-vindo em fluir para a equipe. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para apoiar os jogadores afetados e, ao mesmo tempo, pedir as punições mais duras possíveis para todos os responsáveis”, declarou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.