Esportes

Tite minimiza revés em último duelo com Peru e fala em “jogo importante” nas Eliminatórias

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 09:00 - Atualizado em 10 de outubro de 2020 - 09:30

Às 21 horas (de Brasília) desta terça-feira, pela segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, a Seleção entra em campo para enfrentar o Peru, no Estádio Nacional de Lima. Após golear a Bolívia na estreia, o técnico Tite minimizou a derrota no último encontro com o próximo adversário.

No mês de setembro de 2019, em amistoso disputado nos Estados Unidos, a Seleção Brasileira acabou derrotada por 1 a 0 pelo Peru. Em julho do ano passado, contra o mesmo adversário, o time comandado por Tite venceu a final da Copa América por 3 a 1, no Maracanã.

“Os resultados, bons ou ruins, se perdem no passado. O presente é mais importante. Não adianta contar que venceu a final da Copa América ou que perdeu o último jogo. Os dois foram verdade, mas os dois são passado”, discursou o comandante, ainda na Neo Química Arena.

Na primeira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, o Peru empatou por 2 a 2 contra o Paraguai, no Estádio Defensores del Chaco. A partida disputada em Assunção na última quinta-feira foi acompanhada atentamente pela televisão por integrantes da comissão técnica de Tite.

“É uma construção, uma caminhada. Foi um passo importante, sim, vindo de uma situação anormal. Mas, como na história dos Três Porquinhos, a casinha tem que ser de tijolo e forte. Não pode ser de palha nem de madeira”, pregou Tite. “Agora, vamos nos recuperar para o jogo importante contra o Peru”, declarou.

Diante da Bolívia, Marquinhos, Firmino (2), Carrasco (contra) e Philippe Coutinho marcaram os gols da Seleção Brasileira. Após enfrentar um adversário frágil e desfalcado dentro de casa, o time comandado por Tite certamente terá mais dificuldades em Lima.