Campeonato Copa América

Tite fala sobre o “sentimento de tristeza” após vice e critica o presidente da Conmebol

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de julho de 2021 - 00:31 - Atualizado em 11 de julho de 2021 - 00:45

Neste sábado, a Seleção Brasileira foi derrotada por 1 a 0 pelo Argentina, que conquistou a Copa América em pleno Maracanã. Após a partida, Tite comentou sobre a tristeza com o vice, exaltou o trabalho da campeã e citou nominalmente o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, ao criticar a organização do torneio continental.

Tite optou por parabenizar o desempenho da Argentina ao falar sobre a sensação pós-perda de título da Copa América.

“O sentimento é de tristeza. Primeiro, de reconhecimento do outro lado. Senão, a gente faz do futebol um ‘o que ganha é bom, o que perde é terra arrasada’. Tem que olhar o outro lado. Aqui tem um profissional que já tem um pouco de lastro para reconhecer o outro lado. Tem o seu trabalho, tem a sua qualidade técnica individual, tem as suas estratégias. Teve efetividade, prefiro reconhecer o valor da vitória para o outro lado”, afirmou o técnico.

Tite voltou a criticar severamente a organização da Copa América, destacando a qualidade ruim dos gramados e citando o presidente da Conmebol ao discorrer sobre a apressada competição.

“A organização da competição, muito rápida, ficou devendo muito. A qualidade dos gramados também. Nós quase perdemos o Weverton em um treinamento. Nós fomos treinar, o gramado trancou e teve uma luxação de dedo. Foi uma exposição excessiva dos atletas em pouco tempo. Eu estou falando especificamente do responsável, Alejandro (Domínguez), que é o presidente da Conmebol. Estou falando dele, de organizar uma competição em um intervalo de tempo tão curto”, disse o treinador.

Esta foi a segunda Copa América em que Tite esteve à frente da Seleção Brasileira. Em 2019, o técnico comandou o time que conquistou o torneio sobre o Peru, com uma vitória por 3 a 1 no Maracanã.