Campeonato Copa América

Tite evita falar sobre punição e analisa dificuldades de gramados em mau estado

Gazeta
Gazeta Esportiva

27 de junho de 2021 - 08:30 - Atualizado em 27 de junho de 2021 - 08:45

Na última quinta, o técnico Tite foi multado em 5 mil dólares (cerca de R$ 24,6 mil) pela Conmebol por criticar a organização da Copa América. Questionado em entrevista coletiva no sábado, o treinador evitou falar sobre a punição, pois acredita que será penalizado caso realize algum novo comentário.

“Não vou falar nada de novo. Vou ser multado. Vou falar de campo ruim, vou ser multado. Se vou falar que foi atabalhoado (a organização do torneio), vou ser multado. Não vou falar nada”, declarou.

O treinador ainda fez uma projeção pessimista para a qualidade do gramado do Maracanã na final do torneio, que será realizada no dia 10 de julho. “Vai acontecer de novo. Vai trocar de novo. Não vai estar bom o Maracanã, é muito pouco tempo (até a final para trocar o gramado), escreve aí!”, acrescentou.

Também no sábado, a Conmebol anunciou o início dos trabalhos no campo para a decisão. De acordo com a federação, mais de 60% do gramado será trocado e uma reforma geral será realizada, o que lhe dará mais “qualidade, cor, densidade e altura”.

Tite também explicou os problemas existentes em realizar uma partida com um gramado em mau estado. O próprio treinador já havia criticado a qualidade do campo após a vitória sobre a Colômbia na última quarta, no Estádio Nilton Santos.

“Quem está assistindo e quem joga uma brincadeira vai entender. Se muda totalmente, muda a velocidade, a rapidez de raciocínio e execução, a intensidade, porque há muito mais contato. Muda a precisão de passe, muda muita coisa”, completou o comandante.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.