Esportes

Times paranaenses aguardam confirmação para retorno do Brasileiro Feminino A2

A expectativa é que o campeonato volte a ser realizado em setembro

Andressa
Andressa Fernandes
Times paranaenses aguardam confirmação para retorno do Brasileiro Feminino A2
Reprodução: www.coritiba.com.br

6 de julho de 2020 - 19:34 - Atualizado em 7 de julho de 2020 - 10:24

Coritiba/Toledo, Foz Cataratas e Athletico Paranaense, disputam a série A2 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, mas ainda aguardam uma confirmação da CBF para retomar os preparativos. A expectativa é que a competição volte em setembro. Até o momento, a entidade confirmou apenas o retorno da primeira divisão, previsto para 26 de agosto.

A equipe do Coritiba/Toledo segue com a preparação física, seguido de treinamento individual localizado. Sempre seguindo todas as recomendações dos órgãos oficiais de saúde. Enquanto esperam por uma liberação para treinar com bola, o elenco permanece no alojamento do clube em Ouro Verde, na região Oeste.

O treinador Jaime Leal teme a possibilidade de cruzamento de calendários entre duas categorias nas quais o seu elenco se encaixa. “90% das nossas jogadoras que disputam o A2, também jogam o sub 18. Minha preocupação é que quando saia o calendário, as datas das duas competições coincidam, pois as meninas são as mesmas”, diz o técnico.

As atletas do Athletico Paranaense seguem em casa, realizando exercícios físicos repassados pela comissão técnica. O clube deverá informar a volta dos treinos após uma confirmação de retorno do brasileiro A2. No entanto, o elenco deverá permanecer o mesmo.

“Ainda não temos previsão para retornar aos treinamentos. As atletas continuam treinando de casa. A gente faz um acompanhamento diário com preparador físico e comissão técnica”, afirma Leonardo, Supervisor de Futebol Feminino do CAP.

Outro time que disputa esta divisão do campeonato nacional é o Foz Cataratas, mas até a publicação desta matéria, não conseguimos entrar em contato com a equipe.

Para equipes como o Londrina e Imperial FC, de Curitiba, a situação é um pouco mais difícil, tendo em vista que a única competição que disputariam neste ano, seria o Estadual.

Segundo a Federação Paranaense ainda não há uma previsão para o início do campeonato, devido ao momento em que vivemos de pandemia.

Enquanto isso, as jogadoras do Londrina também seguem com os treinamentos individuais em casa. Segundo o treinador Jhonny Gonçalves, as meninas estão bem engajadas com as atividades para manter uma boa condição física.

Até o momento desta publicação, não conseguimos contato com a equipe do Imperial FC, mas conforme as publicações nas redes sociais do time, as atletas seguem o mesmo protocolo de treinamentos com acompanhamento técnico virtual.