Basquete

Tiago Splitter é o novo assistente técnico da Seleção Brasileira de basquete masculino

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de setembro de 2021 - 10:33 - Atualizado em 23 de setembro de 2021 - 10:45

O ex-jogador Tiago Splitter foi anunciado, nesta quinta-feira, como o novo assistente técnico da Seleção Brasileira de basquete masculino. Ele segue no cargo de auxiliar do Brooklyn Nets, da NBA, e retorna ao time nacional, comandado por Gustavo De Conti.

“Para mim é um orgulho enorme estar na comissão técnica da Seleção depois de muitos anos jogando como atleta. Poder ajudar o meu país na comissão técnica com o Gustavo De Conti”, disse o campeão do Sul-Americano de 2003.

“Acho que temos um grande desafio pela frente. Mas, com muita dedicação e muito orgulho, estou entrando nessa comissão técnica e fazendo parte desse projeto. Agradecer, também, a confiança do Guy Peixoto, presidente da CBB, do Marcelo Pará, do Diego Jeleilate e do Gustavo De Conti por fazer parte dessa comissão”, completou.

O presidente da CBB, Guy Peixoto, avaliou a nova contratação: “É uma grande felicidade ter o Tiago aqui conosco. E ficamos honrados que ele tenha aceito o convite para fazer parte da comissão técnica. Tiago fez história como atleta, na Seleção Brasileira, e também no basquete da Espanha e dos Estados Unidos. Será muito útil. Desejo toda a sorte do mundo para ele e toda a comissão técnica.”

Splitter é tricampeão da Copa América pelo Brasil.

Nascido em Blumenau (SC), Tiago saiu do Brasil em 2000 para defender o Baskonia, da Espanha. Já em 2010, foi contratado pelo San Antonio Spurs, clube pelo qual conquistou a NBA de 2014 – tornou-se, assim, o primeiro brasileiro a vencer o campeonato.

O ex-jogador se aposentou em fevereiro de 2018 e iniciou o processo de transição para funções extraquadra. Pelo Brooklyn Nets, ele foi olheiro e, em 2019, tornou-se um dos auxiliares do técnico Steve Nash.

Com a camisa do Brasil, Tiago Splitter conquistou medalhas de ouro no Sul-Americano e nos Jogos Pan-Americanos (2003) – também é tricampeão da Copa América (2005, 2009 e 2011). Além disso, disputou quatro campeonatos mundiais e esteve presente nas Olimpíadas de 2012.