Atlético-MG

Thiago Larghi relembra passagem pelo Atlético-MG e avalia atual momento do clube

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de outubro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 15 de outubro de 2020 - 07:30

Cerca de dois anos após deixar o Atlético-MG, Thiago Larghi relembrou momentos de sua passagem pelo clube. Em entrevista concedia ao programa Gazeta Esportiva 1ª Edição, o treinador citou as dificuldades que enfrentou no Galo e aproveitou para opinar sobre o momento da equipe, que atualmente é comandada por Jorge Sampaoli.

De acordo com Thiago, a sua efetivação no cargo de treinador do Atlético-MG foi “por acaso”. Anteriormente, ele trabalhava como auxiliar técnico.

“Foram muitos anos de preparação até chegar no Atlético. Ali foi por acaso, estava para ser auxiliar e interino do clube. Mas o Galo tentou nomes renomados que não aceitaram. E isso fez com que eu tivesse continuidade, a diretoria acreditou, o grupo de jogadores comprou a ideia e começou a jogar bem, ganhar jogos, até que a diretoria decidiu efetivar”, relembrou.

Ver essa foto no Instagram

Gazeta Esportiva (@gazetaesportiva) em

Após falar sobre início de sua trajetória no Galo, o treinador também comentou sobre o momento de sua demissão, apontando os problemas que enfrentou no período.

“No momento em que eles optaram pela minha demissão a gente estava dentro da meta estabelecida, que era G6. E com o melhor ataque do Brasileiro. Em um ano de pouquíssimo investimento, para não dizer nenhum. Foi um ano muito difícil. A gente entendia que era para continuar porque estava entregando o que era esperado”, explicou.

O baixo investimento citado por Thiago Larghi não tem ocorrido na atual temporada. Afinal, o Galo tem sido um dos protagonistas do mercado da bola no Brasil. Este é, inclusive, um fator que o técnico aponta que ajuda o trabalho de Jorge Sampaoli.

“A gente sabe que elenco e estrutura são as bases para um bom trabalho. Depois precisa ter uma filosofia e base de trabalho, para colocar para os jogadores o modelo de jogo e eles conseguirem executar dentro de campo. Esse ano, o Atlético vem fazendo uma boa temporada. Mas de fato, houve um investimento de 120 milhões que ajuda o trabalho a acontecer”, concluiu.