Ceará

Tentando escapar da degola, Sport recebe o Ceará pelo Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de julho de 2021 - 20:00 - Atualizado em 24 de julho de 2021 - 20:15

A situação do Sport na Série A do Campeonato Brasileiro segue delicada. Ainda integrando a zona de rebaixamento, o Leão recebe o Ceará neste domingo, às 20h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro, pela 13ª rodada da competição.

Apesar da situação difícil na tabela, o torcedor do Sport vê o confronto contra o Vozão com esperança após o time conseguir respirar na última rodada. Até vencer o América-MG por 1 a 0, fora de casa, na última segunda-feira, já eram sete jogos consecutivos sem saber o que é vencer para a equipe pernambucana.

Porém, pesa contra a boa fase que vive o Ceará, invicto há oito partidas no Brasileirão. A última delas foi de vitória por 1 a 0, dentro de casa, contra o Athletico-PR, adversário direto na briga pelo G4 da competição. No momento, o time cearense soma 18 pontos, lutando para se aproximar das quatro primeiras posições.

Com o mau momento na competição, o Sport vive uma reformulação em seu elenco após ter nova diretoria eleita nesta semana. Com isso, foram anunciadas as dispensas de Luan Polli, Júnior Tavares, Maxwell e Ricardinho. Além disso, o time não conta com os lesionados Sander, Maidana e Neilton.

O Ceará também terá desfalque. Buiu e Marlon foram amarelados contra o Furacão e, por somarem três cartões cada um, não jogam. Além deles, Mendoza, Jael e Gabriel Dias seguem cumprindo gancho imposto pelo STJD por confusão na partida contra o Bahia, pela final da Copa do Nordeste. Porém, Jorginho volta após cumprir suspensão na última rodada.

FICHA TÉCNICA

SPORT X CEARÁ

Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)

Data: 25 de julho de 2021 (domingo)

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araujo (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

SPORT: Maílson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Chico; José Welison, Marcão Silva e Thiago Lopes; Gustavo Oliveira (Paulinho Moccelin), André (Mikael) e Everaldo.

Técnico: Umberto Louzer

CEARÁ: Richard; Alan, Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Pedro Naressi, Lima, Vina e Rick; Cléber

Técnico: Guto Ferreira