Esportes

“Temos que ter vergonha na cara”, diz capitão Felipe Melo após derrota em clássico

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 21:48 - Atualizado em 10 de outubro de 2020 - 22:00

Em sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras acabou superado pelo São Paulo na noite deste sábado, pela 15ª rodada. Ainda no gramado do Allianz Parque, o zagueiro e capitão Felipe Melo deu uma entrevista contundente.

“Temos que assumir a responsabilidade. Confesso que já venho de duas noites sem sono e isso vai se estender. Temos que ganhar do Coritiba, temos que ter vergonha na cara e saber que jogamos em um clube que é o ano todo brigando por títulos. Disputamos dois títulos de pequena expressão, digamos assim”, disse, sobre a Copa Flórida e o Paulista.

Questionado pelo Sportv sobre a produção ofensiva do Palmeiras, Felipe Melo evitou o assunto e sugeriu que a pergunta fosse feita a Vanderlei Luxemburgo. Posteriormente, ao falar sobre a derrota diante do São Paulo, ele praticamente eximiu o treinador de responsabilidade sobre os dois tropeços seguidos.

“Não adianta colocar a culpa no treinador, porque ele não entra em campo para jogar futebol. A culpa é dos jogadores, que entramos dentro de campo e, como hoje, deixamos a desejar. Confesso a você que vou para a casa, vou repensar bastante, ver o que tenho que melhorar”, afirmou.

Com 22 pontos ganhos, o Palmeiras ocupa a quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Na Copa Libertadores, classificado de forma antecipada às oitavas de final, o time alviverde lidera o Grupo B com 13 pontos e ainda pode terminar a primeira fase com a melhor campanha.

“Estamos em um primeiro turno ainda e nada é de se jogar fora. Na Libertadores, estamos na liderança, brigando para ficar como primeiros no geral, o que nos dá a chance de jogar as partidas decisivas em casa. Mas temos, sim, que ver, repensar e melhorar”, reiterou o capitão Felipe Melo.