Esportes

Técnico do time feminino do Santos desabafa: “Não pensaram na saúde dos clubes”

Gazeta
Gazeta Esportiva

20 de novembro de 2020 - 11:45 - Atualizado em 20 de novembro de 2020 - 23:45

Guilherme Giudice, técnico do time feminino do Santos, desabafou após a goleada do Corinthians por 5 a 2 na última quinta-feira, na Vila Belmiro, pela ida das quartas de final do Campeonato Paulista Feminino.

O treinador das Sereias da Vila minimizou o resultado adverso depois do surto de covid-19 e fez críticas principalmente à Federação Paulista de Futebol. O Peixe teve 17 atletas com o novo coronavírus e precisou decretar W.O. contra o São José. A derrota fez o clube da Baixada Santista enfrentar o Timão.

Na visão de Giudice, faltou cuidado da FPF. O técnico ainda relatou o mal-estar de algumas jogadoras.

“Estamos no meio da pandemia, mais de 5 milhões de casos, mais de 160 mil mortes. E hoje a Federação, não só hoje, mas a nossa classificação ficou prejudicada por termos dado um W.O. por não ter gente suficiente para jogar uma partida devido à contaminação do Covid. A decisão de não pensar na saúde dos clubes filiados, de seus atletas, que tanto elevam a competição, é decepcionante. De marcar um jogo, um clássico, uma quartas de final, que já foi influenciada por este resultado, com apenas um ou dois dias destas meninas terem retornado, sem ao menos a gente saber dos riscos. Saí do vestiário com algumas meninas passando mal, precisando de socorro médico pelo desgaste que tiveram. Imagina ficar 10, 14 dias parado, doente, com doença que ataca principalmente o coração e pulmão. Precisamos pensar na saúde, em como manter o futebol em meio a esta pandemia. Imagina perder 17 de uma vez. No Cruzeiro, goleira jogou na linha. Esperava mais da CBF, FPF, das entidades que estão inscritas”, disse Guilherme Giudice.

“Tem equipes melhores, equipes mais estruturadas. A gente precisa buscar melhores resultados, sim, mas hoje o resultado… Acho que não podemos só olhar pro resultado. Falar que falta material humano é muito injusto. O que elas fizeram hoje dentro de campo é de bater palma. Estou orgulhoso delas independente do resultado”, completou o treinador.

O Santos não vence há quatro jogos e foi eliminado do Campeonato Brasileiro Feminino. Pelo Paulista, enfrentará o Corinthians na próxima quarta-feira, às 19h, no Parque São Jorge. Para avançar à semifinal, o Peixe precisa vencer por quatro gols de diferença.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.