Argentina

Técnico da Argentina garante: ”Messi vai continuar a ser o melhor, ganhando ou não”

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de julho de 2021 - 12:32 - Atualizado em 10 de julho de 2021 - 12:45

Brasil e Argentina se enfrentarão neste sábado, às 21h (de Brasília), no Maracanã, em uma final de Copa América que terá importância ainda maior para o craque argentino Lionel Messi. Esta pode ser a última chance do jogador, com 34 anos, de conquistar um título pela seleção argentina, feito que ainda não tem em seu currículo.

”O Messi vai continuar a ser o melhor, ganhando ou não. Não precisa de um título para mostrar que é o melhor jogador da história, até os adversários já reconhecem isso. Óbvio que todos queremos ganhar muito este troféu, até pelo esforço todo que fizemos para manter o covid-19 afastado desta bolha”, comentou o técnico da Argentina Lionel Scaloni em coletiva de imprensa.

Esta será a terceira final de Copa América na carreira de Messi. Em 2007, quando ainda era uma promessa, foi derrotado para o Brasil e, em 2015 e 2016, já o líder do time, foi superado pelo Chile. Além disso, em 2014, perdeu a final da Copa do Mundo para a Alemanha, no mesmo Maracanã da partida deste sábado.

Sobre o palco da decisão, Scaloni afirmou que seus jogadores o tratarão como um ”campo neutro”.

”É uma final. Temos de jogar como se fosse em Santiago, Barranquilla, onde quer que seja. Não temos de pensar que estamos na casa deles. Obviamente é um estado mítico, mas temos de entrar pensando que estamos jogando em campo neutro”, disse.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.