Surf

Surfista Ítalo Ferreira fica indignado com nota baixa e quebra prancha; veja o vídeo

O campeão mundial acabou eliminado da etapa e perdeu a primeira posição no ranking devido a baixa pontuação

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações da World Surf League (WSL)
Surfista Ítalo Ferreira fica indignado com nota baixa e quebra prancha; veja o vídeo
O brasileiro briga pela liderança do ranking mundial (Foto: Divulgação/WSL)

19 de abril de 2021 - 15:21 - Atualizado em 19 de abril de 2021 - 15:21

O surfista potiguar Ítalo Ferreira protagonizou cenas de revolta durante a última chamada da etapa australiana Rip Curl Narrabeen Classic do circuito mundial de surfe, nesta segunda-feira (19). Ao receber uma nota baixa por uma manobra e, consequentemente, perder a bateria e ser eliminado da etapa, o atual campeão mundial quebrou sua prancha em um rompante de raiva.

A situação aconteceu após os jurados interpretarem que uma manobra de Ítalo havia sido incompleta. Os juízes atribuíram 1.77 pontos ao aéreo full rotation que foi questionado em seu final: engolido pela espuma, o atleta caiu da prancha após cerca de 2 segundos em pé após a aterrissagem. Confira o momento da manobra, publicado pela revista Waves:

A manobra e a interpretação dos juízes foi motivo de polêmica entre os fãs do esporte. Isso porque, apesar de aterrissar, a queda do atleta motivou opiniões divididas sobre a definição do movimento. Alguns alegam que apenas a aterrissagem já caracteriza uma manobra completa. Outros, por outro lado, entendem que o posicionamento corporal do atleta na aterrissagem já indicava falta de controle da manobra e, por isso, ele caiu.

Em suas redes sociais, Ítalo desabafou e disse que casos assim até poderiam desmotivar outros atletas, mas que não era o caso dele. “Vou pra próxima!”, ele afirmou.

O atual campeão mundial agora espera a próxima etapa, o Boost Mobile Margaret River Pro, de 02 a 12 de maio em Margaret River, na Austrália. O topo do ranking agora é ocupado pelo brasileiro e bicampeão mundial Gabriel Medina.