Surf

Gabriel Medina assume liderança do ranking mundial

Briga pelo título fica acirrada com eliminação de Filipe Toledo e Ítalo Ferreira nas oitavas da segunda etapa australiana

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações da World Surf League (WSL)
Gabriel Medina assume liderança do ranking mundial
Ao derrotar Caio Ibelli, o bicampeão garantiu a liderança (Foto: Divulgação/WSL)

20 de abril de 2021 - 09:15 - Atualizado em 20 de abril de 2021 - 09:15

Gabriel Medina assumiu a liderança do circuito mundial de surfe nesta segunda-feira (19).  A vitória contra o também brasileiro Caio Ibelli nas quartas de final e a eliminação do então líder, o potiguar Ítalo Ferreira, levaram o bicampeão mundial à liderança do ranking. Medina conta com 20.345 pontos, contra 19.405 de Ítalo, o segundo colocado. 

O mar fraco e as ondas inconsistentes não foram problema para Gabriel, que emplacou a nota mais alta da etapa até então, 9.00 em uma decolagem impecável. 

“Estou feliz por conseguir pegar boas ondas nas baterias. Estou me divertindo e focado, porque eu quero chegar na final”, disse Medina.

“Estou feliz pelas minhas notas e agora é esperar o último dia né, que vai ser irado. Graças a Deus está dando tudo certo até agora e esse evento aqui em Narrabeen está sendo incrível. Tem dado altas ondas, o lugar é maneiro e estou feliz por estar aqui”.

Gabriel Medina

Confira os melhores momentos do bicampeão mundial nas quartas de final:

O próximo adversário é o jovem australiano Morgan Cibilic, que vem desbancando nomes como John John Florence e Mick Fanning. No último encontro entre os dois, na etapa anterior, em Newcastle, porém, o brasileiro levou a melhor. 

Seleção brasileira

Dos quatro surfistas brasileiros que disputaram as baterias restantes da terceira fase no início do dia, o paranaense Yago Dora foi o único a avançar para as oitavas de final no duelo brasileiro com o conterrâneo Peterson Crisanto. O paulista Alex Ribeiro tinha acabado de perder para o sul-africano Jordy Smith. Depois, Mineirinho foi eliminado por Griffin Colapinto.

Foi nessa mesma praia de Narrabeen, que em 2003, Adriano ganhou o título mundial Pro Junior Sub-20 na época, com apenas 15 anos de idade.

O restante do dia, porém, não foi bom para o Brasil. Filipe Toledo era o favorito contra Frederico Morais, mas não conseguiu emplacar boas notas. Ele quebrou sua prancha ao meio quando tentou um aéreo e teve que sair do mar para pegar outra. No último minuto, achou uma onda boa para manobrar forte e virar o placar com a maior nota da bateria, 7,00. Mas, o português dá o troco na onda de trás e ganha 6,33 para garantir a vitória por 11,60 a 10,93 pontos.

O potiguar Jadson André mostrou sua garra habitual, mas o australiano Ethan Ewing pegou as melhores ondas para vencer por 10,97 a 9,70 pontos. Jadson, Filipe e Italo Ferreira, ficaram em nono lugar no evento, marcando 3.320 pontos no ranking.

Perna australiana

 As quatro etapas da nova “perna australiana” são apresentadas pela Corona. O Rip Curl Newcastle Cup terminou no sábado com Italo Ferreira ganhando a disputa pela liderança do ranking na final com Gabriel Medina. A segunda é o Rip Curl Narrabeen Classic, que começou na sexta-feira com prazo até 26 de abril para ser encerrado em Sidney, também em New South Wales. As outras serão na região de West Australia, o Boost Mobile Margaret River Pro de 02 a 12 de maio em Margaret River e o Rip Curl Rottnest Search de 16 a 26 de maio em Rottnest Island. 

Quartas de Final do Rip Curl Narrabeen Classic: 

1: Frederico Morais (PRT) x Ethan Ewing (AUS)

2: Gabriel Medina (BRA) x Morgan Cibilic (AUS)

3: Kanoa Igarashi (JPN) x Conner Coffin (EUA)

4: Yago Dora (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.