Surf

Circuito Brasileiro de Surf Feminino 2020 é cancelado

O evento, realizado desde 2015, já é tradição no calendário de competições do surf feminino

Jéssica
Jéssica Dombrowski Netto Dropando
Circuito Brasileiro de Surf Feminino 2020 é cancelado
Etapas anteriores do Circuito foram um sucesso entre as meninas. Foto: Suellen Nobrega

14 de agosto de 2020 - 15:36 - Atualizado em 14 de agosto de 2020 - 15:36

O Circuito Brasileiro de Surf Feminino teve suas etapas de 2020 canceladas devido à pandemia do Covid-19. A família Dantas, responsável pela organização, destinou a verba do governo para a área da saúde e o evento, que já é tradição no surf, foi remarcado para 2021.

O surfista Wiggolly Dantas criou o Circuito em 2015, o qual foi realizado na Praia de Itamambuca, Ubatuba/SP. No ano passado, foram três etapas que reuniram o surf profissional, pro junior, longboard e categorias de base do sub10 ao sub16.

“Não tínhamos o que fazer. É um momento delicado e estamos também pensando na saúde de todos. Ano passado crescemos, com três etapas, estamos animados, mas com a pandemia, tivemos de tomar essa decisão. Vamos ter esperança e fé para o ano que vem”

lamentou Wiggoly Dantas

Em 2019, a local de Matinhos Gabriely Vasque foi a grande campeã da categoria sub12 e trouxe o título para o Paraná.