Surf

Atletas do surf paranaense retornam às competições presenciais

Os representantes do Paraná finalizaram o ano viajando para outros picos em busca de bons resultados

Jéssica
Jéssica Dombrowski Netto Dropando
Atletas do surf paranaense retornam às competições presenciais
Anuar Chiah faturou a Sub12 em Ubatuba/PR. Foto: Daniel Smorigo

2 de dezembro de 2020 - 13:28 - Atualizado em 2 de dezembro de 2020 - 14:59

O ano de 2020 trouxe muitos desafios para os surfistas do Paraná. Foram praticamente oito meses sem competir em eventos presenciais devido à pandemia do Covid-19. As federações e marcas encontraram no mundo virtual uma alternativa para os campeonatos, onde começamos a ver de perto a performance de cada um nas telas de celulares e computadores. Os resultados foram positivos para o nosso estado.

Nathalie Martins, atleta de Pontal do Paraná, faturou o Primeiro Campeonato Brasileiro de Aéreos e você confere sua manobra aqui:

https://www.instagram.com/p/CHZDlsRA4B2

No final de outubro, os representantes paranaenses voltaram ao que estavam acostumados: competições presenciais, com toda a adrenalina e vibe que a praia com atletas de vários estados proporciona. Ouvir o locutor, a staff no palanque e ver o oponente na vida real são algumas das experiências de quem vive do surf.

Confira a galeria da volta dos eventos aqui:

CBSurf Pro Tour – Primeira Etapa

O evento rolou entre os dias 27 e 29 de outubro em Ubatuba/SP. A paranaense Jessica Bianca, que atualmente reside no Rio de Janeiro, ficou na 13a colocação no feminino e o local da Ilha do Mel Kainan Meira na 13a do masculino. Victor Valentim, Aminandes Pamplona e Nathalie Martins também participaram da competição.

Hang Loose Surf Attack

Ubatuba também foi palco de um campeonato para os grommets que aconteceu entre 16 e 18 de novembro. Anuar Chiah faturou a Sub12 trazendo mais um troféu para o Paraná. Lukas Camargo e Ryan Coelho competiram na Sub14 e ficaram na quarta e sétima colocação. Cristopher Lopes ficou em sétimo na Sub10 e Luara Mandelli em quinto na Sub16 Feminino.

CBSurf Júnior Tour

Logo após o Surf Attack, os atletas tiveram as baterias do brasileiro nos dias 19 e 20 de novembro no mesmo local. O destaque vai para o guaratubense Lucas Catapam que ficou em terceiro na Sub18. O matinhense Yohann Ivanoski também esteve presente.

Na Sub14, Anuar ficou em quarto lugar e contou com a participação de Lukas Camargo e Ryan Coelho na categoria. Na Sub16, os representantes do Paraná foram Lukas Camargo, Lucas Cainan, Ryan Coelho e Vitor Inácio.

Já no feminino, Luara Mandelli, Gabriely Vasque e Clara Chaves representaram nosso estado nas categorias Sub16 e Sub18.

Maresia Pro Taíba

Entre os dias 20 e 22 de novembro as competições se iniciaram no Ceará com o estadual. A família que respira surf esteve presente com Andressa Carvalho no pódio da Open Feminino em quarto lugar e seu filho Kauã em quinto na Sub12. Cabral Rodrigues participou da categoria Open.

CBSurf Pro Tour – Segunda Etapa

Dos dias 25 a 27 de novembro o Paraná competiu no brasileiro no Ceará. Andressa Carvalho, Jessica Bianca, Nathalie Martins, Aminandes Pamplona e Victor Valentim marcaram presença no evento.

A última etapa do brasileiro será em Salvador entre os dias 18 e 20 de dezembro.

Grommets no topo

O Paraná terminou o ano em sexto lugar no Ranking por Equipes. Os destaques foram os atletas da nova geração com Luara Mandelli em segundo na Sub14 e oitavo no Sub16. O também local de Matinhos Lukas Camargo ficou em sétimo na Sub16 e em nono na Sub14.

O longboard terá uma única etapa para definir os campeões brasileiros, que será dos dias 10 e 13 de dezembro em Jericoacoara/CE. Já o bodyboard não teve nenhuma competição presencial desde o início da pandemia.

Notícias sobre o surf paranaense você encontra aqui no RIC Mais e nas redes sociais do @dropando.