Esportes

Souza detona atual gestão do São Paulo: “Parece que virou a Disneylândia”

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de setembro de 2020 - 19:14 - Atualizado em 29 de setembro de 2020 - 19:15

Mais um ex-jogador se manifestou para criticar o momento difícil pelo qual o São Paulo passa há anos. Depois de Cicinho, foi a vez de Souza se posicionar sobre tudo que vem acontecendo com o Tricolor e, como sempre, não teve papas na língua ao ser questionado sobre seu antigo clube.

Bicampeão brasileiro, campeão paulista, mundial e da Libertadores com o São Paulo, Souza hoje vê um clube bem diferente daquele de sua época e, em entrevista exclusiva ao Gazeta Esportiva, o comparou com a Disneylândia.

“Parece que o São Paulo virou a Disneylândia. Todo mundo faz o que quer, brinca. Hoje, com a rede social, o torcedor se aproximou muito da gente. Recebemos várias perguntas, sobre o porquê de a gente não falar nada. Temos que falar, porque parece que falta um pouco de respeito com a história. Acho que o Rogério Ceni, o Raí, o Lugano tinham que dar uma chacoalhada. O São Paulo virou uma Disneylândia, um clube que tem bastante torcida. Hoje parece que todo mundo se conformou com a situação. Se perder, está bom. Se ganhar, está bom. É como a música do Zeca Pagodinho, deixa a vida me levar”, afirmou.

Souza também aproveitou para dar aquela alfinetada no trabalho do técnico Fernando Diniz. O ex-meia é avesso ao estilo de jogo do comandante são-paulino e fez questão de recordar a falha na saída de bola que custou o gol na derrota para a LDU, por 4 a 2, em Quito.

“Hoje, como torcedor, analisando números e algumas coisas, não está sendo legal. Quando estava ficando legal, veio a tal da pandemia e estragou tudo. O futebol brasileiro, tenho falado com algumas pessoas, quando elas falavam que o futebol estava piorando, achava que os caras mais velhos estavam falando isso porque já pararam de jogar. Hoje eu concordo. O futebol está feio de se ver”, pontuou, antes de se referir a Diniz.

“A única coisa que posso falar do Diniz, do trabalho dele, é que tem coisas no time que não entendo. Tomamos o gol da LDU onde o meia foi pegar a bola do goleiro dentro da área e passou para outro meia que estava na cabeça da área. Essas coisas não consigo entender. Tenho dito que o Barcelona estragou o futebol de muito clube. Estão querendo trazer o futebol da Europa para o Brasil, mas durante muito tempo fomos o melhor futebol do mundo. Estão copiando muitas coisas, mas, no meu modo de ver, coisas erradas”, completou.