Skate

Mulheres do skate lutam pela igualdade e respeito

Grupo Gurias Skateboard cria abaixo-assinado para pressionar Confederação Brasileira de Skate após retirada da categoria feminina das etapas do paranaense

Jéssica
Jéssica Dombrowski Netto Dropando
Mulheres do skate lutam pela igualdade e respeito
Grupo de skate feminino realiza diversos eventos em prol do esporte. Foto: Arthur Gomes

26 de julho de 2020 - 20:39 - Atualizado em 28 de julho de 2020 - 17:59

O grupo de skate feminino Gurias Skateboard criou um abaixo-assinado para pressionar a Confederação Brasileira de Skate (CBSK) após a Federação de Skate do Paraná (FSP) anunciar a intenção da retirada da Categoria Feminina das Etapas do Circuito Paranaense de Street Amador. Elas pedem respeito e igualdade de direitos com a inclusão das mulheres nas competições.

Segundo a carta de repúdio em nome das Mulheres Skatistas do Paraná, a luta feminina no esporte vem acontecendo por muitos anos e a decisão da exclusão da categoria é um retrocesso de conquistas. Nos anos de 2013 a 2017 não houve tal categoria, o que impossibilitou a classificação das paranaenses no Campeonato Brasileiro. A evolução e profissionalização das atletas do estado dependem destes eventos.  

Front Side Air da Maitê Demantova na Pista do Gaúcho, em Curitiba/PR. Foto: Reprodução

No ano passado as próprias skatistas realizaram campeonatos, rifas e bazares em prol do esporte. Elas contaram com o apoio de associações como ASSCEK, ASKM, Pra Skate e Circuito Curitibano Taça Paraná de Skate. O Paraná se tornou o segundo maior estado inscrito no Campeonato Brasileiro com 28 meninas.  

Carina Fujii ficou em oitavo lugar na categoria Street, Maitê Demantova em terceiro na Banks e Flávia Haraguchi em sétimo na Banks Infantil. Estas foram classificações importantes para o crescimento do movimento. Houve também a representatividade na própria organização do evento tendo uma juíza e uma locutora paranaenses.

A petição busca mil assinaturas. Clique aqui para contribuir com o skate feminino paranaense.

Atualização: Nota Oficial de resposta da FSP

Of. nº067/20
Assunto: Resposta a Carta Publicada Gurias Skateboard.
Fazemos referência ao assunto, da reclamação do Blog Guriasskateboard, a Diretoria da Federação de Skate do Paraná, tem a informa que da mesma forma que o blog guriasskateboard que se disse representante da categoria Feminina no Paraná, envia reclamação a Confederação Brasileira de Skate, segue abaixo os itens.
1) A Federação de Skate do Paraná está com as portas da entidade abertas para receber a todos, sejam quaisquer entidades esportivas, buscando entendimento.
2) Nunca a representante do Skate Feminino de Curitiba esteve na Federação de Skate do Paraná ou mesmo procurou para tirar alguma duvidas ou levar sugestão e ajudar na parte de organização.
3) Até o momento não foi entregue qualquer Carta assinada pela representante Feminino a está entidade, ou mesmo entregue ao qualquer um de seus Diretores, pedindo explicação, se realmente a categoria Feminina ficará fora do Circuito Paranaense de Skate.
4) A FSP não tem conhecimento da existência, de qualquer Associação de Skate Feminina no Paraná ou em Curitiba, se realmente vem a existir, que seja encaminha as documentações necessárias para sua filiação junto a Federação de Skate do Paraná entidade que rege o esporte no Estado. Temos o interesse de passar todas as informações, dados dos eventos anteriores e tudo que for relevante a categoria Feminina. Há possibilidade de que a FSP irá apresentar proposta á Associação Feminina de Skate (assim que tiver organizada), para que fiquem responsáveis pela realização do Circuito Paranaense Feminino
homologado pela FSP.
5) A Federação de Skate do Paraná em reunião de sua Diretoria decidiu que a participação da categoria Feminina aconteceria só na ultima etapa do Circuito Paranaense de Skate, por não atingirmos uma quantidade mínima de competidoras nas etapas. Por esse motivo achamos que seria mais relevante ter a participação da categoria Feminina na etapa final do Circuito. Dessa forma podendo reunir uma quantidade maior de skatistas.
6) Queremos informar ao coletivo Gurias Skateboard, que não sabemos quem é sua representante. Essa entidade esportiva filiada a CBSK e responsável em organiza o Circuito Paranaense de Skate Amador no Estado do Paraná, tem conhecimento de alguns Campeonatos realizado em Curitiba e no Paraná, mais não são homologados e reconhecidos pela FSP ou mesmo pela CBSK. Convido a representante para que venha até a sede da entidade para uma reunião.
7) Associação de Skate Feminino a quem passa orientação a Gurias Skateboard, que tem sua sede na cidade de São Paulo, e não responde pelo Skate no Paraná, quem responde e representa está modalidade esporte no Estado é a Federação de Skate Paraná na qual sempre esteve e estará de portas abertas da sua sede a quem procura para conversar e discutir novas idéias. Mais infelizmente reclamando em blog e redes sociais não vai ajudar em nada, não há duvidas que precisem das meninas nos eventos, e realmente as meninas que interessam
que nos procura.
A Diretoria da Federação de Skate do Paraná nunca deixou de atender a qualquer pessoas que nos procura. Temos toda responsabilidade e firma o compromisso com o Skate Paranaense em geral, sempre respeitando e trabalhando pelo seu crescimento e sucesso da modalidade no Estado.
Vale ressaltar que, conforme analisada a carta de repudio que soubemos através das redes sociais, cabe a presidência da Federação de Skate do Paraná acatar a determinação do que foi decidido com sua diretoria.
Certo de atenção de todos, nosso agradecimentos.
Curitiba, 28 de Julho de 2020.
Adalto Elias Pereira
Presidente

Afirmou a FSP em nota