Esportes

Sindicato de Atletas de São Paulo solicita que ataque ao ônibus da Ponte seja investigado

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de abril de 2021 - 18:53 - Atualizado em 29 de abril de 2021 - 19:00

O Sindicato de Atletas de São Paulo solicitou a abertura de um inquérito para que a polícia investigue o ataque ao ônibus da Ponte Preta. Na última segunda-feira, o veículo com toda comissão e jogadores da Macaca foi alvo da torcida na saída do Estádio Moisés Lucarelli, logo após a derrota de 1 a 0 para a Inter de Limeira, pelo Paulistão.

“O Sindicato de Atletas SP tem como missão cuidar de gente e tomou as devidas providências assim que teve conhecimento. Diante do exposto, solicitou abertura do inquérito para que se possa apurar a ação dos torcedores, e que os envolvidos após investigação, sejam punidos”, comunicou o órgão.

O ônibus foi alvejado por pedras pela torcida pontepretana. O meio-campista Vini Locatelli, inclusive, foi atingido no braço e no joelho esquerdo e registrou um boletim de ocorrência no 1º Distrito Policial de Campinas.

O inquérito foi protocolado nesta quarta-feira, no DRADE (Delegacia Polícia Rep. Delitos Intolerância Esportiva).

“Repudiamos tal ação, a categoria deve ser respeitada e que os envolvidos sejam investigados”, afirmou Guilherme Martorelli, coordenador jurídico do sindicato.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.