Bastidores

Sindicato de Atletas de São Paulo discute férias dos jogadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de fevereiro de 2021 - 19:24 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2021 - 19:45

Na tarde desta sexta-feira, o Sindicato de Atletas de São Paulo informou em nota que antecipou conversas com os capitães e principais representantes dos times que disputam os campeonatos nacionais, com objetivo de esclarecer seus posicionamentos em relação ao período de férias.

O Sindicato ressalta a necessidade do tempo de descanso para os atletas para a prevenção das fadigas. Também citam o risco de esgotamento do profissional que pode levar à síndrome de Burnout, distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema.

A instituição afirma que foi procurada por jogadores que atuaram nos campeonatos nacionais de 2020, e que possuem a intenção de buscar no judiciário o direito à férias. Porém, a ação não poderá ser realizada antes da primeira rodada dos Estaduais por falta de tempo jurídico hábil.

Por fim, o sindicato criticou a postura da CBF em relação à falta de período de descanso adequado aos atletas.

“É evidente que se a CBF estivesse preocupada com o futebol, incluindo a saúde dos atletas profissionais, nada disso seria necessário. Mas combater esse mal também é uma das razões da existência do Sindicato de Atletas SP, que completará 74 anos em julho de 2021 como o maior do país na categoria”, relatou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.