Atlético-MG

Sette Câmara pede desculpas e afirma que Atlético não vai “cruzeirar”

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Sette Câmara pede desculpas e afirma que Atlético não vai “cruzeirar”

28 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 28 de fevereiro de 2020 - 00:00

O presidente do Atlético-MG, Sergio Sette Câmara, veio a público nesta sexta-feira para esclarecer o motivo pelo qual o técnico Rafael Dudamel foi demitido. Após a eliminação na Copa do Brasil na última quarta-feira, o clube anunciou que o venezuelano não continuaria no cargo, o que gerou muita repercussão, já que o comandante disputou apenas dez jogos.

“Quando contratamos o Dudamel, o objetivo era buscar um treinador com uma filosofia diferente, moderna, que trouxesse algo de novo. Isso não aconteceu. Tínhamos informações das pessoas que trabalham aqui no dia a dia que não era uma questão de metodologia, era mais do que isso. Alguns equívocos cometidos, exageros, questão de preparação física, de cobranças…”, disse.

Sette Câmara diz que eliminações foram grandes vexames (Foto: Divulgação/Pedro Souza)

O cartola também aproveitou para pedir “desculpas à torcida” por conta do desempenho “pífio” que culminou nas derrotas categorizadas por ele como “grandes vexames”. O Galo foi eliminado pelo Unión Santa Fé, 18° colocado do Campeonato Argentino, pela Copa Sul-Americana, e pelo Afogados da Ingazeira, que disputa apenas o Pernambucano, pela Copa do Brasil.

Por outro lado, Sette Câmara afirmou que o Atlético vai dar a volta por cima e que não vai deixar acontecer o que houve com o rival Cruzeiro, rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, endividado e na luta contra o tempo para se reconstruir.

“Não vamos deixar acontecer o que aconteceu do lado de lá (Cruzeiro). Enquanto estivermos aqui, o torcedor pode ter certeza que isso aqui está sendo bem cuidado. Recebi o Atlético em uma situação pior que o nosso adversário (Cruzeiro) estava do ponto de vista financeiro, mas não fizemos loucuras. Torcedor está chateado e eu, como dirigente e torcedor, também sofri muito com o que ocorreu. Mas aqui no Atlético nós não vamos ‘cruzeirar’. O que significa dizer que aqui não vamos fazer loucura, contratação acima das condições do clube. Tenho certeza que esse grupo vai dar a volta por cima”, finalizou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.