Esportes

Sequência sem vitórias do São Paulo coincide com jejum de gols de Brenner

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de janeiro de 2021 - 05:00 - Atualizado em 22 de janeiro de 2021 - 15:30

As últimas cinco partidas do São Paulo não trazem boas lembranças para o torcedor. Depois de empatar com o Grêmio e ser eliminado na Copa do Brasil, o Tricolor perdeu mais três jogos e empatou outro pelo Brasileirão. Com isso, a equipe acabou perdendo a liderança do campeonato.

E esse período sem triunfos coincide justamente com a falta de gols do artilheiro Brenner. Goleador máximo do clube na temporada, com 22 tentos, o jovem atacante não consegue balançar as redes desde o dia 26 de dezembro de 2020, quando o time do técnico Fernando Diniz bateu o Fluminense por 2 a 1, fora de casa, ou seja, há cinco compromissos.

Dessa forma, o centroavante amarga o seu maior jejum de gols desde que assumiu a titularidade da equipe, no início de outubro, na vitória de 3 a 0 sobre o Atlético-GO, que inclusive contou com dois tentos do garoto. Antes, o seu maior tempo sem marcar era de quatro jogos, contra Fortaleza, Flamengo, Vasco e Bahia, entre 14 e 28 de novembro.

Brenner passou a fazer parte dos 11 iniciais de Diniz após o São Paulo enfrentar dificuldades ofensivas no início da temporada. Com isso, o comandante decidiu investir no atacante, que vinha correspondendo quando era acionado ao decorrer das partidas. E a aposta acabou gerando resultado. A partir de então, ele ficou de fora de apenas um compromisso, no empate de 1 a 1 com o Ceará, pois estava suspenso.

O camisa 30 tricolor terá a oportunidade de colocar um ponto final nesta má sequência neste sábado, quando o Tricolor enfrenta o Coritiba, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19 horas (de Brasília), no Estádio do Morumbi.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.