Bastidores

Sem venda de ingressos, Conmebol estima 5 mil pessoas no Maracanã para final da Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de janeiro de 2021 - 22:14 - Atualizado em 22 de janeiro de 2021 - 23:45

Restando uma semana para a finalíssima na Copa Libertadores, entre Palmeiras e Santos, a Conmebol divulgou nesta sexta-feira um comunicado oficial reforçando que não haverá venda de ingressos para o público. Ainda assim, cerca de 5 mil pessoas estarão credenciadas ao evento.

O limite estimado de 5 mil pessoas inclui: jogadores e comissão técnica, arbitragem, jornalistas, staff de operações da entidade, autoridades, convidados e todos os responsáveis pela realização do evento.

O número ficará abaixo dos 10% da capacidade do Maracanã, estipulado no decreto do governo do estado do Rio de Janeiro – cerca de 7,5 mil pessoas. O decreto também obriga todos os presentes ao cumprimento dos protocolos de saúde.

Tanto os protocolos da própria Conmebol quanto do governo do estado obrigam o resultado negativo nos testes de covid-19 antes do evento. Além disso, distanciamento, uso de máscaras e verificação da temperatura corporal.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.