Esportes

Sem Pablo, Fernando Diniz relaciona Rojas para duelo com o Grêmio

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de dezembro de 2020 - 04:00 - Atualizado em 30 de dezembro de 2020 - 23:00

O técnico Fernando Diniz decidiu dar um voto de confiança a Joao Rojas. O equatoriano foi relacionado para a partida decisiva contra o Grêmio, pela semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Morumbi, já que uma contratura muscular tirou Pablo de jogo.

O camisa 9 tricolor sentiu o incômodo muscular durante a partida contra o Fluminense, no último sábado, no Maracanã. Na segunda-feira, realizou exames de imagem que constaram a lesão na perna esquerda e já iniciou tratamento no Reffis.

Rojas não havia sido relacionado para o jogo de ida contra o Grêmio, em Porto Alegre. O atacante, que foi titular absoluto na “Era Aguirre”, em 2018, ainda trabalha para retomar o condicionamento físico que tinha antes de sofrer as sérias lesões no joelho que o tiraram dos gramados por dois anos.

Tendo o escolhido para ficar como opção no banco de reservas, Fernando Diniz indicou que Rojas parece estar mais próximo de, enfim, voltar a jogar profissionalmente. Veloz e incisivo, o equatoriano reúne características que caem como uma luva nesse time do São Paulo, carente desse tipo de perfil desde a saída de Antony para o Ajax.

É claro que para quem não atua desde o dia 26 de outubro de 2018, entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Grêmio, valendo vaga na final da Copa do Brasil, pode ser demais para Rojas. De qualquer forma, se Fernando Diniz relacionou o atacante para a partida, a possibilidade existe.

Relembre as lesões de Rojas

Destaque do São Paulo de Diego Aguirre que chegou a brigar pelo título brasileiro de 2018, Rojas sofreu uma grave lesão no joelho na 31ª rodada do Brasileirão daquele ano, contra o Vitória, em Salvador. O jogador saiu de marca aos 19 minutos do segundo tempo e, posteriormente, foi constatada a ruptura do tendão patelar do joelho direito, motivo suficiente para passar por cirurgia e ter um prazo de recuperação plena estimado em um ano.

Já em agosto de 2019, quando já realizava trabalhos no gramado, entrando em fase final de reabilitação, o atacante equatoriano sofreu uma nova lesão séria. Desta vez, Rojas rompeu o tendão quadricipital do joelho direito e teve de ser submetido a mais um procedimento cirúrgico.

Contratado em 2018, Rojas soma apenas vinte partidas com a camisa do São Paulo e um único gol. Seu vínculo, que terminava ao fim deste ano, foi renovado até fevereiro de 2021, um voto de confiança da diretoria e também uma espécie de congratulação pelo esforço durante todo o processo de recuperação das sérias lesões que sofreu no joelho direito.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.