Esportes

Scarpa em alta, Veiga em baixa: Abel tem o desafio de potencializar o meio do Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de junho de 2021 - 06:00 - Atualizado em 26 de junho de 2021 - 06:30

Apesar da fase oscilante do Palmeiras, Gustavo Scarpa vive momento especial na equipe, assumindo a titularidade e o protagonismo nas ações ofensivas do Verdão. Por outro lado, Raphael Veiga não tem conseguido apresentar o mesmo futebol do início da temporada, quando era um dos principais jogadores do time.

O grande desafio para Abel Ferreira para os próximos jogos é criar os mecanismos para que os dois meio-campistas possam desempenhar da melhor maneira possível, sem que o rendimento de um anule o do outro.

Desde a partida contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico vem optando por uma formação ofensiva, com Veiga e Scarpa jogando à frente de apenas um volante. Assim, os dois jogadores passam a ter mais atribuições defensivas do que o de costume, ocupando uma maior área no campo.

Até o momento, Scarpa é quem melhor se acomodou neste modelo. Desde o jogo contra a Chapecoense, o jogador soma quatro assistências, sendo muito participativo na construção ofensiva do time. Os chutes de longa distância do meio-campista também assustam com frequência os goleiros adversários.

Por outro lado, Veiga apresentou uma queda de rendimento neste recorte de partidas. O gol marcado contra o Corinthians foi a sua última participação direta, demonstrando dificuldade para exercer uma função mais distante da área.

No domingo, Scarpa e Veiga terão mais uma oportunidade para mostrar que podem se potencializar mutuamente. O Palmeiras enfrenta o Bahia, no Allianz Parque, às 20h, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.