Campeonato Paulista

São Paulo recorre à base para poder treinar em meio à maratona no Paulistão

Gazeta
Gazeta Esportiva

14 de abril de 2021 - 07:00 - Atualizado em 14 de abril de 2021 - 07:15

O São Paulo foi obrigado a recorrer à base nesta semana para poder seguir treinando em meio à maratona de jogos no Paulistão. O time comandado por Hernán Crespo vem jogando a cada 48 horas e, por isso, o treinador não teve atletas suficientes para comandar um treino tático.

Como os atletas que atuaram contra o Red Bull Bragantino tiveram de fazer um trabalho regenerativo, os reservas e aqueles que entraram no decorrer da partida contaram com a companhia de garotos do sub-20 para que duas equipes fossem formadas em campo.

Nesta terça-feira, por exemplo, dez jogadores do sub-20 integraram o treinamento: Arthur Gazze, Anilson, Pedro Lucas, Patryck, Pedrinho, Nregrucci, João Adriano, Caio, Marquinhos e Juan.

A integração do sub-20 com o time profissional é uma das prioridades da nova gestão liderada pelo presidente Julio Casares. Tanto é que o mandatário fez questão de contratar um executivo de futebol específico para Cotia: Marcos Biasotto. Além dele, chegaram Milton Cruz, para pinçar talentos que possam se encaixar no time de cima, e Alex, para treinar os meninos de até 20 anos.

Na última segunda-feira, contra o Red Bull Bragantino, por exemplo, o meia Talles Costa foi mais um garoto formado em Cotia a começar a ser relacionado por Hernán Crespo. Atualmente, o time principal do São Paulo conta com 13 atletas vindos do CFA Laudo Natel: Perri, Thiago Couto, Diego Costa, Rodrigo, Welington, Luan, Liziero, Rodrigo Nestor, Gabriel Sara, Igor Gomes, Galeano, Paulinho Boia e Hernanes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.