Bastidores

São Paulo pode arrecadar mais R$ 1,7 milhão com terceiro lugar no Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de fevereiro de 2021 - 09:00 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2021 - 09:15

O São Paulo entra em campo nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi, precisando de uma vitória por muitos motivos. O mais importante deles é a garantia de uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Evitar que Rogério Ceni dê a volta olímpica no lugar onde foi sua casa por muitos anos é outra razão. Mas, também há de se considerar a parte financeira.

Com as finanças em situação delicada, o São Paulo precisa arrecadar o máximo de dinheiro possível para sanar dívidas e poder reforçar o elenco de uma forma melhor. Terminar o Campeonato Brasileiro na terceira colocação faria o Tricolor receber R$ 1,7 milhão a mais do que receberia caso desse adeus à competição em quarto lugar.

Com a pandemia, o São Paulo passou a não contar com receita de bilheteria. Além disso, fez investimentos caríssimos em Daniel Alves e Juanfran, que eram considerados fora da realidade do futebol brasileiro mesmo no cenário pré-covid-19. Gastando mais do que arrecadou nos últimos meses, o Tricolor agora lida com um rombo financeiro difícil de cobrir.

Semifinalista da Copa do Brasil, o torneio com maior premiação no cenário nacional, o São Paulo, que entrou na competição já nas oitavas de final pelo fato de ter disputado a Libertadores, arrecadou R$ 12,9 milhões, que poderiam se transformar em R$ 66,9 milhões em caso de título ou em R$ 34,9 milhões se fosse vice-campeão.

Eliminado pelo Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista, o São Paulo teve de se contentar com R$ 450 mil de premiação transferidos pela Federação Paulista de Futebol. Na Libertadores, o Tricolor não passou da primeira fase e, com isso, acabou recebendo 1 milhão de dólares (R$ 5,4 milhões).

No Campeonato Brasileiro, o campeão leva R$ 33 milhões para casa. O vice-campeão, 31,3 milhões. Já o terceiro colocado receberá R$ 29,7 milhões, enquanto o quarto colocado acaba com R$ 28 milhões. Se o São Paulo for ultrapassado pelo Fluminense e terminar em quinto, perderá R$ 1,6 milhão, tendo de se contentar com R$ 26,4 milhões.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.