Esportes

São Paulo nunca havia disputado uma decisão por pênaltis na Copa do Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de outubro de 2020 - 06:00 - Atualizado em 26 de outubro de 2020 - 06:15

O São Paulo conseguiu se manter vivo na luta pelo inédito título da Copa do Brasil. Para isso, o Tricolor Paulista teve de passar por uma situação inédita contra o Fortaleza de Rogério Ceni.

Segundo o historiador Alexandre Giesbrecht, este domingo marcou a primeira disputa por pênaltis do São Paulo no torneio nacional.

Em nenhum outro mata-mata, nas 18 participações são-paulinas anteriores, de 1990 a 2019, a marca da cal havia decidido o rumo da equipe do Morumbi especialmente nesta competição.

E logo na primeira oportunidade de 2020, o torcedor do São Paulo teve de suportar 20 cobranças. No fim, pelo menos a sensação foi de alívio. Tiago Volpi defendeu o chute de Gabriel Dias, o 10º a bater pelo Fortaleza, e garantiu os paulistas nas quartas de final.

Os 10 pênaltis convertidos pelo time de Fernando Diniz foram cobrados, em ordem, por: Reinaldo, Tchê Tchê, Daniel Alves, Pablo, Vitor Bueno, Tiago Volpi, Bruno Alves, Arboleda, Diego Costa e Léo Pelé.

Agora, o São Paulo terá de aguardar o sorteio da CBF para conhecer seu adversário na próxima fase da Copa do Brasil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.