Bastidores

São Paulo jamais havia ficado sem vencer os 8 primeiros jogos de qualquer competição que disputou

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de julho de 2021 - 08:00 - Atualizado em 1 de julho de 2021 - 08:15

O São Paulo quebrou um tabu nesta quarta-feira, contra o Corinthians, em Itaquera, mas não foi aquele que todos os torcedores gostariam. Com o empate sem gols na Neo Química Arena, o Tricolor chegou a oito jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, marca jamais alcançada pelo clube em qualquer competição que disputou ao longo de sua história.

A última vez que o São Paulo ficou sem vencer os sete primeiros jogos de um campeonato aconteceu em 1967, no Torneio Roberto Gomes Pedrosa, mais conhecido como Robertão, considerado por muitos o Campeonato Brasileiro daquela época. Naquela edição, o Tricolor somou quatro empates e três derrotas, de acordo com levantamento feito pelo pesquisador Alexandre Giesbrecht, do Anotações Tricolores.

O São Paulo também chegou a amargar uma sequência de sete primeiros jogos sem um resultado positivo no Robertão de 1964, com seis derrotas e apenas um empate, além do Rio São Paulo de 1951, quando empatou duas e perdeu cinco das sete partidas do torneio.

Nesta quarta-feira, contra o Corinthians, o Tricolor entrou em campo já sabendo que deixaria a Neo Química Arena com um tabu quebrado. Se superasse o rival, garantiria o primeiro triunfo na casa corintiana. Caso contrário, o time ficaria marcado por ser o primeiro da história do São Paulo a não conseguir vencer os oito primeiros jogos em um campeonato.

Se destacando por marcas negativas neste Campeonato Brasileiro, o São Paulo agora volta o foco para o duelo do próximo domingo, que será outra parada duríssima. Daniel Alves e companhia recebem no Morumbi o líder e único time ainda invicto da competição, o Red Bull Bragantino, que não costuma facilitar a vida dos são-paulinos quando jogam no estádio tricolor.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.