Esportes

São Paulo encerra tabu no Allianz e causa segundo revés seguido do Palmeiras no Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 20:56 - Atualizado em 10 de outubro de 2020 - 22:30

O São Paulo enfim conseguiu vencer o Palmeiras no Allianz Parque na tarde deste sábado. Pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe tricolor contou com gols de Reinaldo e Vitor Bueno durante o segundo tempo para fazer 2 a 0 no time da casa, novamente desfalcado de quatro titulares.

Com o esperado triunfo após nove jogos de jejum na arena, o São Paulo contabiliza 26 pontos ganhos e figura no terceiro lugar do Campeonato Brasileiro. Já o Palmeiras, com duas derrotas consecutivas, segue com 22 pontos e detém o quinto posto do torneio nacional.

Pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Coritiba às 18 horas (de Brasília) desta quarta-feira, novamente no Allianz Parque. Já o São Paulo pega o Fortaleza às 19h15 do mesmo dia, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no Estádio Castelão.

O Jogo – Palmeiras e São Paulo fizeram um primeiro tempo de poucas emoções no Allianz Parque. Na primeira chegada ao ataque, Reinaldo cruzou da esquerda e Igor Gomes, posicionado nas costas de Felipe Melo, cabeceou com algum perigo para o goleiro Jailson.

Embora estivesse com Raphael Veiga e Lucas Lima no meio de campo, o Palmeiras voltou a ter dificuldades para criar oportunidades de gol. Em uma rara finalização, Wesley recebeu pela esquerda, carregou para o meio e bateu à direita do gol de Volpi.

Os dois goleiros não tiveram muito trabalho durante a etapa inicial no Allianz Parque. Patrick de Paula tentou chute de fora da área, mas bateu praticamente em cima de Volpi. Após cruzamento de Igor Gomes pela direita, Reinaldo completou do outro lado e viu Jailson defender sem maiores dificuldades.

Após assustar em chute de Reinaldo e cabeçada de Brenner, o São Paulo conseguiu inaugurar o marcador aos 10 minutos do segundo tempo. Igor Vinícius recebeu de Daniel Alves e sofreu pênalti de Lucas Esteves. Na cobrança, Reinaldo acertou o canto direito de Jailson.

O zagueiro Luan sentiu lesão aos 26 minutos, mas, como o Palmeiras há havia feito suas cinco trocas, passou a fazer número no campo de ataque e Ramires acabou recuado à zaga. Colocado no lugar de Wesley, Gustavo Scarpa exigiu grande defesa de Volpi em cobrança de falta colocada.

Com Luan sem condições de competir normalmente, o Palmeiras pressionou de maneira desordenada e foi incapaz de construir jogadas para ameaçar o gol adversário. Aos 47 minutos do segundo tempo, Igor Vinícius recebeu livre de Reinaldo pela esquerda e cruzou rasteiro para Vitor Bueno ampliar a vantagem do São Paulo

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 x 2 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Data: 10 de outubro de 2020, sábado

Horário: 19h (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi e Jose Eduardo Calza (RS)

VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Lucas Esteves (PAL); Igor Vinícius (SAO)

Gol:

SÃO PAULO: Reinaldo (10min 2º Tempo) e Vitor Bueno (47 min do 2º Tempo)

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Luan e Esteves (Danilo); Patrick de Paula, Zé Rafael (Ramires), Raphael Veiga (Gabriel Veron) e Lucas Lima; Wesley (Gustavo Scarpa) e Willian (Luiz Adriano)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SÃO PAULO: Thiago Volpi; Igor Vinícius, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê (Léo), Daniel Alves e Igor Gomes (Vitor Bueno); Brenner (Pablo) e Luciano (Toró)

Técnico: Fernando Diniz