Esportes

São Paulo cai na fase de grupos da Libertadores após 33 anos

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de setembro de 2020 - 23:38 - Atualizado em 1 de outubro de 2020 - 00:00

O São Paulo foi eliminado da Copa Libertadores nesta quarta-feira ao ser derrotado pelo River Plate por 2 a 1 no estádio Libertadores da América, em Avellaneda, na Argentina, pela quinta rodada do Grupo D da competição. Com o resultado, o time de Fernando Diniz não possui chances matemáticas de alcançar a LDU e o próprio River Plate na tabela, que aparecem com 12 e 10 pontos, respectivamente falando apenas uma rodada para o fim da primeira fase.

Essa é a primeira eliminação do São Paulo na fase de grupos em 33 anos. A última vez que o Tricolor não conseguiu avançar ao mata-mata da Libertadores foi em 1987, quando disputou a vaga com o Cobreloa e Colo-Colo, do Chile, e Guarani.

Em seis jogos disputados na ocasião, o São Paulo venceu apenas um, somando outras três derrotas e dois empates. O Cobreloa, com oito pontos, acabou avançando. Na época, apenas uma equipe por grupo se classificava para a próxima fase da Libertadores, conquistada pelo Peñarol, do Uruguai, em 1987.

Além desta edição, o São Paulo foi eliminado na fase de grupos da Libertadores outras duas vezes, em 1978 e 1982. Já na temporada passada, o Tricolor acabou colecionando um vexame ainda pior: caiu na Pré-Libertadores para o modesto Talleres, da Argentina.

Sem mais qualquer objetivo no torneio continental, o São Paulo cumprirá tabela na última rodada recebendo o Binacional, do Peru, no dia 20 de outubro, no Morumbi. Basta um empate ao time de Fernando Diniz para garantir, ao menos, a vaga na Copa Sul-Americana.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.