Bastidores

São Paulo aposta em parceria com agentes de Crespo para concretizar vinda de camisa 9

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de julho de 2021 - 06:00 - Atualizado em 23 de julho de 2021 - 06:15

O São Paulo vem apostando na parceria que tem com os empresários de Hernán Crespo para concretizar a tão esperada vinda de um camisa 9 para reforçar seu elenco. Vivendo grave crise financeira, o Tricolor não dispõe de altas quantias para investir em jogadores. Justamente por isso, a boa relação com Marcelo Bocha Valeri e Christian Bragarnik pode ser um trunfo para que Darío Benedetto desembarque no Morumbi.

O primeiro centroavante da lista do São Paulo era Jonathan Calleri. O jogador, que teve uma passagem muito bem-sucedida pelo clube em 2016, até topou retornar ao Tricolor, mas seus empresários pediram valores completamente fora da realidade. Desta forma, a diretoria declinou do negócio.

Uma das alternativas propostas pelo São Paulo para viabilizar o retorno de Calleri era começar a pagar seus empresários, que detêm os direitos econômicos do jogador, a partir do ano que vem. A sugestão não foi bem aceita pelo staff do argentino, que considerou se tratar de um empréstimo disfarçado neste segundo semestre de 2021.

Com Marcelo Bocha Valeri e Christian Bragarnik, porém, as conversas têm sido diferentes. Os agentes já toparam esse mesmo modelo de negócio por Emiliano Rigoni. O meia-atacante, chegou ao São Paulo recentemente, assinou contrato até o fim de 2024, mas o clube só começará a pagar por ele a partir do ano que vem.

Com Darío Benedetto, as conversas avançam justamente por haver mais flexibilidade em comparação com as negociações para ter Jonathan Calleri. Benedetto pertence ao Olympique de Marselha, fez mais de 40 jogos na última temporada, mas, ainda assim, um empréstimo não está descartado.

O grande problema é que o atacante argentino ganha em euro, e o câmbio não é nada favorável para o São Paulo, ainda mais tendo de lidar com dívidas de todos os tipos e uma folha salarial alta. Por enquanto, a negociação para ter Benedetto está longe de ser fechada, mas, a boa relação com os empresários do atleta, que também agenciam Hernán Crespo e Emiliano Rigoni, deixa a alta cúpula tricolor um pouco mais otimista.