Esportes

Santos não deve ter Kaio Jorge para enfrentar o San Lorenzo na Argentina

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de março de 2021 - 19:55 - Atualizado em 29 de março de 2021 - 20:00

O Santos não deve ter Kaio Jorge à disposição para enfrentar o San Lorenzo no dia 6, na Argentina, pelo jogo de ida da terceira e última fase da Pré-Libertadores da América.

O atacante sentiu um incômodo na coxa esquerda após os treinamentos da última semana. O técnico Ariel Holan tende a optar por recolocá-lo no processo de recondicionamento físico.

Kaio teve uma lesão muscular de grau 2 em fevereiro. O departamento médico o liberou no início do mês e ele foi relacionado para a partida contra o Ituano, no dia 13, mas relatou dor e pediu para não atuar.

A partir do dia 14, ele começou um processo de recondicionamento físico, melhorou e viajou para a Atibaia na semana passada. Com os treinamentos em dois períodos no interior paulista, o incômodo reapareceu.

Kaio Jorge foi até Atibaia para a segunda semana de treinos hoje, porém, não irá a campo. Como os dois fisioterapeutas estão no hotel e o CT Rei Pelé está fechado por determinação da Prefeitura de Santos, o Menino da Vila fará o tratamento por lá.

O Santos reavaliará Kaio diariamente, mas é possível que o centroavante siga fora também para a decisão do dia 13. A Conmebol ainda não definiu o local. O Peixe tenta ao menos que seja em um estádio do Brasil.

Além de Kaio Jorge, Holan não sabe se contará com Soteldo. O meia-atacante segue na Venezuela e, diante do aumento de casos de covid-19, não encontra voo para o Brasil. Ele está em seu país desde o dia 15.

Uma possível escalação é: João Paulo, Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Jean Mota (Gabriel Pirani ou Soteldo); Marinho, Ângelo e Marcos Leonardo (Lucas Braga).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.