Esportes

Santos fecha acordo com Krasnodar por dívida de Cueva e evita punição

Gazeta
Gazeta Esportiva

22 de junho de 2021 - 16:54 - Atualizado em 22 de junho de 2021 - 17:45

O Santos fechou nesta terça-feira um acordo com o Krasnodar, da Rússia, pela dívida da contratação de Christian Cueva.

O Peixe de José Carlos Peres prometeu pagar 7 milhões de dólares (R$ 35 mi, na cotação atual) em parcelas anuais e não cumpriu. O presidente Andres Rueda costurou o pagamento parcelado até dezembro de 2023.

O caso estava na Fifa e poderia gerar nova punição ao Santos.

“Foram cinco meses de árdua negociação com o Krasnodar e hoje assinamos o acordo com parcelamento até 2023, tirando qualquer possibilidade de Transfer Ban”, disse Rueda.

“Mais um passo que o Santos está dando rumo à recuperação da credibilidade. Trabalhamos diariamente para nunca mais ter esse tipo de risco no clube. É inaceitável um clube como o nosso não poder contratar atletas por dívidas milionárias não honradas. Foi um momento que o Santos passou que queremos que fique no passado. Agora temos que honrar”, completou.

Vale destacar que, ainda envolvendo o jogador Cueva, o Santos tem um processo arbitral na CAS (Corte Arbitral do Esporte) contra o atleta e o Pachuca (México). O Peixe foi vitorioso em primeira instância e aguarda a decisão final para outubro.

“Em caso de nova vitória, o valor será usado para antecipar o acordo com o Krasnodar”, concluiu o presidente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.