Esportes

Santos é o time mais indisciplinado da Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

8 de janeiro de 2021 - 07:00 - Atualizado em 9 de janeiro de 2021 - 00:00

O Santos chega nas semifinais da Libertadores amargando a liderança de um mau retrospecto. Dentre todos os clubes da atual edição do torneio continental, o Peixe é o mais indisciplinado.

Ao todo, o time do técnico Cuca já levou 38 cartões em 11 partidas, sendo 36 deles amarelos e dois vermelhos. Com esses números, o Alvinegro Praiano recebe, em média, 3,45 advertências por compromisso.

E esse alto número de cartões pode se tornar um problema para a equipe do litoral paulista. Isso porque dois atletas santistas correm o risco de ficarem de fora de uma possível final. Um deles é o venezuelano Soteldo, um dos principais jogadores do time na atual temporada. Além dele, Wagner Leonardo, um reserva recorrente para a defesa, também esta pendurado.

E após o empate por 0 a 0 na Argentina, o confronto de volta da semifinal do campeonato, contra o Boca Juniors, promete ser quente. Além da rivalidade histórica contra os argentinos, o confronto na Vila Belmiro também carrega as polêmicas de arbitragem da ida, como o pênalti não marcado em cima do Marinho, já na metade da segunda etapa.

Santos e Boca se enfrentam na próxima quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no estádio Urbano Caldeira. Em caso de mais um empate sem gols, a decisão vai para os pênaltis.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.