Esportes

Santos conclui pendências contratuais e agora foca na permanência de Cuca

Gazeta
Gazeta Esportiva

31 de dezembro de 2020 - 09:00 - Atualizado em 1 de janeiro de 2021 - 00:00

O Santos resolveu três pendências contratuais nos últimos dias: Bruno Marques, Luan Peres e Vladimir. Todos tinham vínculo apenas até o dia 31 de dezembro.

O atacante Bruno Marques foi adquirido pelo Peixe por R$ 600 mil, em três parcelas, por 70% dos direitos econômicos junto ao Lagarto (SE). Um novo contrato de quatro anos será confirmado em março.

O zagueiro Luan Peres teve o empréstimo prorrogado junto ao Brugge, da Bélgica, até 23 de janeiro, data suficiente para jogar as semifinais da Libertadores da América contra o Boca Juniors (ARG). Se o Alvinegro avançar à final, comprará o atleta. 

O goleiro Vladimir assinou até 31 de dezembro de 2021, sem reajuste salarial ou luvas, e terminará com calma a recuperação de cirurgia no pé realizada em setembro.

Com a resolução desses casos, a gestão de Andrés Rueda foca agora na permanência de Cuca. O contrato do técnico termina em 28 de fevereiro, mês do fim da temporada no Brasil.

O treinador prioriza o Boca Juniors, mas o Comitê de Gestão de Rueda tenta “impressionar” Cuca. A nova diretoria viabilizou a utilização de Lucas Veríssimo e Luan Peres diante dos argentinos.

Veríssimo deve ser negociado com o Benfica, de Portugal, por R$ 41 milhões, mas há um acerto para ficar até o fim da participação santista na Libertadores.

A expectativa de Rueda é garantir um tempo maior de contrato para Cuca em breve. Até o momento, o técnico ainda não se decidiu sobre ficar após meses turbulentos com José Carlos Peres e Orlando Rollo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.