Esportes

Sánchez completa 100 jogos no Santos e ganha apoio de Cuca: “Tempo ao tempo”

Gazeta
Gazeta Esportiva

16 de setembro de 2020 - 08:00 - Atualizado em 16 de setembro de 2020 - 08:15

Carlos Sánchez completou 100 jogos pelo Santos justamente em seu pior momento desde a chegada no clube, em 2018.

O uruguaio não faz um gol há 20 partidas e busca retomar o desempenho de 2019, quando foi um dos melhores do Campeonato Brasileiro.

Decidido a ajudar Sánchez, Cuca pôs o meia como capitão no empate em 0 a 0 com o Olimpia (PAR), na última terça-feira, na Vila Belmiro, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

“Hoje nós deixamos o Sánchez o jogo todo, foi nosso capitão. Ele é bom jogador, mas passa momento ruim. Só trabalho e perseverança farão isso mudar. Ele é muito importante, principalmente nessa competição. É tempo ao tempo e naturalmente vai voltar a jogar seu futebol”, disse o técnico.

Líder do Grupo G da Libertadores da América com sete pontos, o Santos voltará a campo para enfrentar o Botafogo, domingo, no Engenhão, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.