Bastidores

Saídas fazem Botafogo ir ao mercado em busca de reforços

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de setembro de 2020 - 19:17 - Atualizado em 26 de setembro de 2020 - 19:30

O Botafogo realizou a maior venda de sua história com a transferência de Luís Henrique para o Olympique de Marselha. O clube francês anunciou a contratação do atacante de 18 anos nesta sexta-feira. No mesmo dia, o Alvinegro anunciou a chagada do lateral-direito Gustavo Cascardo, mas novos reforços podem estar a caminho.

Pelo atacante, vendido por 12 milhões de euros, o Alvinegro vai receber 4,8 milhões, ou cerca de 31 milhões de Reais. O clube detinha apenas 40% dos direitos do jogador. Então, apesar das finanças em estado precário, o Botafogo deve ir ao mercado para reforçar seu elenco.

O Comitê Executivo de Futebol reagiu às recentes saídas de jogadores, que também incluem Luiz Fernando e Cícero, e entendeu que mais peças são necessárias. A classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil no meio da semana também serviram de estímulo.

Entretanto, o torcedor não deve se iludir com a possibilidade de nomes de peso chegando para serem titulares. A estratégia de procurar atletas que estejam livres no mercado ou sem ser aproveitados em seus clubes deve ser mantida.

As prioridades para a comissão técnica são um meia-atacante e um atacante que atue pelos lados do campo. Com Cascardo, o Botafogo chegou a 20 jogadores contratados para a temporada 2020.