Esportes

Rony vai bem como centroavante e ganha moral com Abel no Palmeiras

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de novembro de 2020 - 07:00 - Atualizado em 30 de novembro de 2020 - 00:00

Escalado na posição de centroavante nos últimos dois jogos, para suprir as ausências de Luiz Adriano e Willian, Rony fez mais uma grande partida neste sábado e foi um dos destaques na vitória do Palmeiras sobre o Athletico-PR, marcando dois gols. Depois de começo irregular, o atacante começa a mudar de status no elenco alviverde.

Rony já havia feito bom jogo, balançando a rede contra o Delfín, e não mostrou problemas em atuar mais centralizado. Neste sábado, teve presença de área no primeiro gol, ao aproveitar a sobra no desvio de Gabriel Menino dentro da área e, mesmo sem tanta altura, fechou o marcador com um gol de cabeça, em cobrança de escanteio.

Com isso, o jogador provou que pode dar versatilidade ao ataque palmeirense. Essas características chamaram a atenção do técnico Abel Ferreira, que se mostrou feliz com a postura de Rony, na entrevista coletiva depois da partida.

“O que sinto no Rony é um homem que está feliz, que está à serviço da equipe. Se eu o colocar de centroavante, vai jogar de centroavante, se colocar de 10, vai jogar de 10. Se colocar de ponta, vai jogar de ponta. Fizemos a análise de que ele tinha todas as características para ser um centroavante no momento que não temos Luiz e Willian. E ele tem confirmado isso. Sempre certeiro, no lugar certo, com suas qualidades. Com mérito do seu trabalho, conseguiu fazer três gols nos últimos jogos, o que é bom para ele e para a equipe”, disse o técnico palmeirense.

Contra o Athletico-PR, além dos dois gols, Rony finalizou cinco vezes, sendo três em direção ao alvo. O atacante também ganhou seis de dez duelos que disputou contra os zagueiros do Furacão.

Para além dos gols, Rony também tem sido participativo com assistências. No jogo de ida contra o Delfín, na última quarta-feira, foram duas, para os tentos de Gabriel Menino e Zé Rafael. O atacante é o líder do time no quesito na Copa Libertadores, com seis no total.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.